melhorias

Sesacre e Conselho Estadual de Saúde discutem demandas em reunião

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), participou da 13ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde (CES) do Acre, nesta quinta-feira, 10, na sede da pasta, em Rio Branco, para tratar de assuntos de interesse dos 24 representantes de cada entidade ligada à saúde no estado.

Durante a reunião, que é promovida mensalmente, uma das pautas discutidas e aprovadas foi a definição da data da 9ª Conferência Estadual de Saúde, que será realizada nos dias 23 a 25 de maio de 2023, com o tema “Garantir direitos e defender o SUS, a vida e a democracia – amanhã vai ser outro dia”. Também foram abordados temas importantes para melhorar o atendimento à saúde da população.

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) participou da 13ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde do Acre. Foto: Luana Lima/Sesacre

Para a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, componente da mesa diretora, é fundamental poder ouvir os representantes de cada classe ligada aos trabalhos que são desenvolvidos na Saúde e realizar melhorias para que a sociedade tenha um atendimento mais humanizado e rápido dentro das unidades.

“Durante a nossa gestão na Secretaria de Saúde, pretendemos sempre acompanhar essas reuniões, para ouvir os apontamentos apresentados e juntos conseguir encontrar soluções para que a população se beneficie cada vez mais dos nossos atendimentos”, afirmou.

Na reunião foi aprovado o Plano de Trabalho Anual do CES para o ano de 2023 no valor de R$ 1.817.325,33. Foto: Luana Lima/Sesacre

Para o presidente do CES, Elenilson Souza, as conferências estaduais proporcionam transformações históricas para a gestão de saúde no estado e no Brasil. “É quando podemos debater, discutir e aprovar propostas para melhorar a saúde do estado e ver a sociedade discutindo para ter uma saúde cada vez melhor”, observou.

Na reunião ordinária, foi aprovado unanimemente pelos conselheiros o Plano de Trabalho Anual do CES para o ano de 2023 no valor de R$ 1.817.325,33, com recursos para as comissões e para a nova sede do conselho. Foi também apresentado o trabalho realizado pelo Complexo Regulador do Estado do Acre, referente ao fluxo de atendimento de pacientes, apresentado pela coordenadora da Central de Regulação de Exames, Andreia Santos.

Conselho Estadual de Saúde do Acre

Com 24 membros titulares e 24 membros suplentes, o conselho é um órgão colegiado, permanente, paritário e deliberativo do Sistema Único de Saúde (SUS), que atua na formação de estratégias e no controle da execução da política de saúde em nível estadual. Metade das vagas são destinadas às entidades de representação estadual de usuários; 25% para entidades de representação estadual dos trabalhadores na saúde e 25% para representação de governo, podendo abranger o federal, estadual e municipal, e prestadores de serviço.