série ouro

Atleta do ciclismo acreano é destaque dos jogos escolares

Ele já ganhou duas medalhas e trabalha para ganhar mais uma para o estado do Acre nesta sexta-feira, 11. Estamos falando do atleta Danilo Silva, que faz parte da equipe do ciclismo acreano que representa o Acre nos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), competição que está sendo realizada na cidade do Rio de Janeiro.

Até o presente momento, ele, que é estudante do Colégio Militar Tiradentes, em Rio Branco, já ganhou duas medalhas para o Acre. A primeira, na categoria sprint, quando venceu o rondoniense Ruan Carlos Sales, e nesta quinta-feira, 10, ficou com a medalha de prata na prova de pontos, tudo isso na série ouro.

Com duas medalhas conquistadas, Danilo Silva já fez história nos jogos escolares. Foto: Stalin Melo

A outra atleta acreana do ciclismo, Laís Vitória Alencar, também ficou com a medalha de bronze na modalidade sprint com a desclassificação da atleta de Pernambuco. Agora, tanto Danilo quanto Laís irão tentar conquistar mais medalhas na prova de circuito nesta sexta-feira, 11.

Danilo se sente muito orgulhoso em poder representar o Acre nos jogos escolares. Para a prova desta sexta, diz que já iniciou a preparação fazendo massagens e treinando. “Pretendo conseguir mais uma medalha e, por isso, quero dormir bem e acordar descansado para a disputa de amanhã”, afirmou.

Com a conquista da medalha de bronze e também da de prata, Danilo Silva terá direito a uma bolsa-atleta, que é concedida pela Secretaria Extraordinária do Esporte do Ministério da Cidadania do governo federal. Já o vencedor da prova, o atleta do Paraná, ganhou o direito de disputar o campeonato sul-americano.

Danilo Silva com o técnico de ciclismo, Welisson Hespanhol. Foto: Stalin Melo

Nesta edição dos jogos escolares, foi a primeira vez que a equipe trouxe um mecânico profissional, Daniel Vaz, que ajudou muito os atletas na preparação das bicicletas para a competição e está preparando também os equipamentos para as provas desta quinta e sexta-feira.

De acordo com o técnico Wellison Hespanhol, Danilo estava numa série muito difícil, disputando com os atletas de elite do ciclismo nacional. “Ele fez o melhor tempo na fase classificatória, mas infelizmente a prova final foi decidida nos milímetros, na foto, e acabamos disputando o terceiro lugar, mas foi um resultado excelente para o ciclismo acreano”, afirmou.