Programação homenageia mulheres abrigadas no Parque de Exposições

atendimento_judiciario_solidario_foto_lciano_pontes (3)
Parceria entre TJ-AC e SEPN promove a inclusão social com a inserção de muitos reeducandos no mercado de trabalho (Foto: Luciano Pontes/Secom)

 

O projeto Judiciário Solidário está somando forças com o governo do Estado e realiza nesta semana programação comemorativa referente ao Dia Internacional da Mulher. Os reeducandos atendidos pela Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas (Vepma) e pela Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN) estão realizando atendimentos  com cortes, hidratação, escovas e maquiagem para as mulheres abrigadas.

atendimento_judiciario_solidario_foto_lciano_pontes (10)
Serviços de cortes, hidratação, escovas e maquiagem são oferecidos para as mulheres abrigadas (Foto: Luciano Pontes/Secom)

O abrigo público do Parque de Exposições tem a maior concentração de pessoas na capital – são 4.966 pessoas -, por isso, as atividades têm o objetivo de aumentar a autoestima pela semana da mulher, como ressalta a desembargadora Cezarinete Angelim: “Nós estamos solidários, e a ideia é promover alegria para essas mulheres que estão passando por esse momento difícil”.

A parceria entre o TJ-AC e a SEPN promove a inclusão social, pois permite a inserção de muitos reeducandos no mercado de trabalho, como Marcos Rocha, que já concluiu o curso de cabeleireiro no Senac-AC: “Em breve estarei abrindo meu salão, mas, por enquanto, vou fazendo minha parte. Semana passada estávamos fazendo cortes de cabelo, e hoje estou aqui lavando, ajudando na produção das mulheres”, diz.

A senha número um era de Patrícia Rodrigues. Inicialmente, ela se animou em participar para cortar o cabelo do filho Matheus Yuri, de 2 anos de idade, “Mas eu já estava aqui, aí agora vou fazer uma escova também”, conta a mamãe.