Programa de Aquisição de Alimentos beneficia dois mil produtores no Acre

Com o lançamento em Capixaba e Xapuri, 21 municípios já deram início ao programa em 2015 (Foto: Leônidas Badaró/Secom)
Com o lançamento em Capixaba e Xapuri, 21 municípios já deram início ao programa em 2015 (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), intensificou o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) nos municípios que ainda não haviam começado o programa em 2015.

Assis Brasil, Sena Madureira, Manoel Urbano, Capixaba e Xapuri deram início ao PAA nos últimos dias. Com isso, o programa já começou em 21 municípios, restando apenas Acrelândia. O PAA garante a compra da produção de agricultores familiares e segurança alimentar para milhares de pessoas.

Capixaba e Xapuri foram os dois últimos a terem o lançamento do programa na última sexta-feira, 14. Em Capixaba, o PAA possui uma grande importância econômica e social, já que mais de 70% da população mora na zona rural e sobrevive da produção agrícola. No município, são 98 produtores que entregam seus produtos, beneficiando 11 entidades que prestam algum tipo de serviço social, como escolas e hospital.

Aldenora Barbosa, do Projeto de Assentamento Zaqueu Machado, está pelo segundo ano fornecendo sua produção para o PAA. Ela afirma que o programa mudou a sua vida. “Antigamente a gente produzia e era obrigado a vender pelo preço que o atravessador queria. Agora o governo paga um preço justo pelos nossos alimentos e a gente se programa com o dinheiro que entra no bolso.”

O PAA é  o maior programa de apoio à produção familiar. Em todo o estado são mais de 2,1 mil produtores  beneficiados
O PAA é o maior programa de apoio à produção familiar. Em todo o estado são mais de 2,1 mil produtores beneficiados

Das 11 entidades beneficiadas em Capixaba, uma delas é a escola municipal Noélia Maria, que tem 460 alunos. A diretora, Iricélia da Costa, destaca que a parceria é importante para que os alunos tenham mais condições de aprendizado.

“Muitas das nossas crianças são da zona rural, que chegam até a escola apenas com o café da manhã. Essas crianças são bem alimentadas graças ao PAA, e por isso conseguem ter mais condições de aprender”, explica.

Já em Xapuri, o PAA vai atender, em 2015, 79 produtores e 15 entidades. São mais de R$ 275 mil de investimentos na economia local.

Um detalhe que chama a atenção em Xapuri é o número de mulheres que fornecem alimentos ao programa. Cerca de 50% dos agricultores beneficiados são produtoras rurais.