dia das mães

Procon orienta consumidores para cuidados durante compras on-line

O cenário de pandemia do Coronavírus (Covid-19) alterou o cotidiano, principalmente quando o assunto é comemorações, celebrações, aniversários, ou qualquer outro tipo de festividade, devido à medida de isolamento social para evitar aglomerações e consequentemente o contágio viral.

Com essa realidade e suas limitações, o ato de presentear alguém em um momento especial, como por exemplo, o dia das mães, também mudou a sua dinâmica. Trata-se das das compras on-line, serviço que se apresenta como solução para os consumidores.

Efetuação do pagamento deve ser feito preferencialmente por meio de cartão de crédito, evitando o contato com dinheiro em espécie Foto: Divulgação.

Neste sentido, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Acre (Procon/AC) apresenta algumas orientações para serem praticadas ou observadas pelos clientes.

Inicialmente, como forma de estimular o fortalecimento da economia da sua cidade ou bairro, dê preferência ao comércio local, principalmente aos pequenos empreendedores, que neste momento de pandemia estão se reinventando e vendendo pelas redes sociais ou telefone e fazendo entregas por meio de delivery.

Assim, o processo de recebimento do produto fica mais viável, tanto para entrega, feita em domicílio, quanto para a efetuação do pagamento, que deve ser feito  preferencialmente por meio de cartão de crédito, evitando o contato com dinheiro em espécie.

Para compras on-line, Procon orienta aos consumidores que optem por sites confiáveis Foto: Divulgação.

“Mesmo assim, é importante higienizar as mãos, após digitar a senha na máquina ou depois de receber o produto. Lembrando que o principal presente é a proteção de todos. Se não puder adiar a entrega do seu presente para uma outro momento, fique atento, seja cuidadoso e evite criar aglomerações em casa”, destaca o diretor-presidente do Procon/AC, Diego Rodrigues.

Já para as compras na internet, prefira sites com boa reputação no mercado, confira se a empresa existe de fato e de direito com CNPJ, endereço e telefone de contato, verifique se o endereço eletrônico indicado na barra é o mesmo informado no site, evite formas de pagamento incomuns, como depósito em conta de pessoas físicas e desconfie de ofertas muito abaixo do padrão.

“Se o consumidor adotar todos esses procedimentos, e mesmo assim, encontrar algum problema ou o produto não for exatamente aquilo que esperava, ele tem o direito de arrependimento, podendo devolver o produto em um prazo de até de 7 dias, contados a partir da data de recebimento, e tendo as opções de trocar por outra mercadoria de sua escolha ou solicitar a restituição do pagamento efetuado”, informa Diego Rodrigues.

Outro ponto que o consumidor deve ficar atento é com a possível aplicação de golpes e fraudes que podem ser feitos por e-mail, telefone, SMS ou mensagem de whatsapp, anunciando promoções e vantagens excessivas para captação de dados pessoais. Evite fornecer essas informações sem ter certeza de que a empresa realmente existe e oferece a devida segurança.

Em caso de dúvida ou se identificar algo suspeito durante uma compra, entre em contato com o Procon/AC, pelos contatos telefônicos; (68) 3223-7000 de segunda a sexta-feira, das 7 às 13 horas ou 151, e pelo e-mail: procon.acre@ac.gov.br ou acessando a plataforma on-line: consumidor.gov.br