Organização

Presídio de Tarauacá recebe visita do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo

A Unidade Penitenciária Moacir Prado (UPMP), em Tarauacá, recebeu na quinta-feira, 6, a visita do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo (GMF). Na ocasião, a supervisora do grupo, a desembargadora Denise Bonfim realizou uma inspeção no interior da unidade, acompanhada do juiz de direito Guilherme Fraga.

Os membros do grupo inspecionaram os oito blocos e acompanharam alguns procedimentos realizados no interior da unidade. A UPMP conta com um efetivo carcerário de 539 presos.

Os membros do GMF inspecionaram a unidade e acompanharam alguns procedimentos Foto: Ascom/TJAC

O diretor da unidade, Claudecir Sousa, avaliou a visita positivamente e afirmou estar grato com o fato de que, durante a visita, foi possível ao Poder Judiciário constatar que, dentro das condições atuais, os serviços são oferecidos com qualidade.

“O judiciário cumpre o seu papel de fiscalizar tanto os presos quanto os nossos serviços. E eu fico mais grato ainda pelo fato de que eles vêm aqui e constatam que nós temos procurado oferecer um bom serviço na unidade”, disse o diretor.

Para o juiz de direito da Vara Criminal da Comarca de Tarauacá, Guilherme Fraga, a visita demonstra o comprometimento do GMF em cumprir com as agendas de inspeção nos presídios do Estado. “A visita foi satisfatória, tendo em vista que foi possível inspecionar os oito blocos existentes no Presídio Moacir Prado, com a presença do coordenador de segurança e do diretor do presídio”, afirmou.

Ele ressaltou que as condições encontradas foram boas e que todos os meses são realizadas inspeções no presídio local, porém, nesta visita especificamente o GMF objetivou averiguar as condições do estabelecimento prisional.