Operação Envolvimento prende 116 pessoas em 27 dias

Realizada em todo o Estado, ação busca tirar de circulação pessoas em conflito com a lei   

operao_envolvimento.jpg

Realizada nos 22 municípios acreanos, Operação Envolvimento permitiu tirar de circulação 116 cidadãos infratores com pendências judiciais (Foto: Assessoria Polícia Civil)

Há cerca de um mês, a Polícia Civil do Acre deflagrou a Operação Envolvimento em todo o Estado, como parte do planejamento estratégico da Secretaria de Estado da Polícia Civil (Sepc) para os primeiros 120 dias de gestão. Realizada nos 22 municípios acreanos, a ação permitiu tirar de circulação 116 infratores, com pendências judiciais. A ofensiva da polícia tem como meta dar cumprimento a mais de dois mil mandados de buscas e de prisão. 

Entre os presos constam ladrões de banco, estupradores, latrocidas, estelionatários e homicidas. Em Rio Branco, foram presos Cristiano Julião da Silva, 24, foragido da Justiça do Mato Grosso, onde é sentenciado por roubo a banco, e Eliabe Silva Melo, 18, natural de Rondônia, que seria seu cúmplice. De forma preventiva, a polícia agiu e evitou que os suspeitos aplicassem roubos a terminais bancários na capital do Acre. 

Ainda em Rio Branco, a Polícia Civil prendeu em flagrante Elissandro Leal da Silva, 37, integrante de uma quadrilha de falsários que aplicou golpes superiores a R$ 100 mil em bens, adquiridos a partir de compras com cartões de crédito falsificados. Entre as vítimas estão postos de combustíveis, lojas de conveniências e material de construção, além de supermercados. Foram recuperados pela polícia carros, motos e dezenas de eletroeletrônicos e eletrodomésticos. 

A ações teve a mesma intensidade no interior. Em Cruzeiro do Sul, região do Juruá, o delegado Elton Futigami e sua equipe deram cumprimento a 25 mandados e prenderam nove pessoas por crimes diversos, além de cumprirem sete mandados de buscas e a prisão de “Celinho”, considerado pela polícia um dos maiores traficantes de entorpecente do município. De acordo com o delegado Futigami, a polícia também tirou de circulação “Jânio da Lagoa”, “Guinque” e “Caboco da Lagoa”, todos traficantes de drogas que mantinham o controle do trafico na região dos bairros Lagoa e Cruzeirinho Novo. 

Mais prisões

Tarauacá
– Neste fim de semana, o delegado Juvan Lacerda cumpriu quatro mandados de prisão com êxito e três mandados de busca e apreensão. Em um dos alvos apreendeu uma arma de fogo de uso restrito. O dono da arma não foi localizado. “Esse ainda é resultado parcial da Operação Envolvimento. A Polícia Civil continua checando alvos na busca de debelar qualquer ação de promotores de violência. Nossa missão é oferecer um serviço de qualidade, célere e imparcial, conforme preconizam as ações da Secretaria de Estado da Polícia Civil”, observou Lacerda.  

Ações no interior do Estado

Plácido de Castro – Na quinta-feira, 27, o delegado Pedro Paulo Buzolin deu cumprimento a um mandado de prisão, tendo capturado o autor de um assassinato. Sua equipe também cumpriu cinco mandados de busca, o que resultou em três flagrantes por tráfico de entorpecentes. 

Capixaba – Também na quinta-feira, 27, policiais em cumprimento a mandados de busca e de prisão apreenderam um adolescente de 17 anos, na região central da cidade. Os investigadores procuravam por drogas e foragidos da Justiça quando localizaram o adolescente, que havia sido licenciado para visitar familiares e não retornou à Unidade de Internação e teve seu beneficio revogado. 

Acrelândia – A Polícia Civil de Acrelândia na última quarta-feira, 26, lavrou flagrante de três pessoas envolvidas com tráfico de entorpecentes. Todos já estão recolhidos ao presídio da capital, indiciados no Art. 33 da Lei 11.343/2006. As prisões ocorreram quando do cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça a partir de investigação da Polícia Civil de Acrelândia. 

Bujari – Na sexta-feira, 28, policiais civis do município, em uma ação conjunta com investigadores do Departamento de Polícia da Capital e Interior (DPCI) e Polícia Militar, prenderam em flagrante José Orleilson Muniz da Silva. Em poder dele a polícia apreendeu drogas, dinheiro, celulares e insumos para a manipulação do entorpecente. Na mesma operação foi preso Marcio da Silva Torres. Ele tinha a posse de vários cartuchos de fuzil, munição de uso restrito das Forças Armadas. Os dois foram autuados em flagrante e após os procedimentos, recolhidos à Unidade de Recuperação Social Francisco de Oliveira Conde, onde estão à disposição da Justiça. 

Sena Madureira – Investigadores da Polícia Civil de Sena Madureira, a 144 km de Rio Branco, prenderam na manhã também de sexta-feira, 28, Júnior Oliveira Matos, 25, morador do bairro Conquista, em Rio Branco. Ele é foragido do presídio Francisco Conde e foi localizado dentro de uma caminhonete quando se preparava para fugir para Manuel Urbano. Somente no mês de janeiro, durante a operação, 14 pessoas foram presas em Sena Madureira.