Nota de Esclarecimento – Secretaria de Saúde

Ao mesmo tempo em que se solidariza com a família da criança que nasceu pré-matura dia 02 de abril no Hospital Santa Juliana e faleceu dia 18 de abril na UTI da Maternidade, a direção do Hospital da Criança esclarece:

1.       1. O bebê nasceu prematuramente (com 33 semanas de gestação) no dia 2 de abril de 2010, de parto cesareano, no Hospital Santa Juliana. Embora apresentasse condições regulares de vitalidade, o bebê nasceu com infecção adquirida ainda no útero ou no canal de parto, agravada com desconforto respiratório, causa mais freqüente de nascimento de crianças prematuras. Neste momento foi explicado a mãe a grave condição de saúde do recém-nascido prematuro e todo o procedimento adotado no tratamento;

2.       2. O recém nascido permaneceu por 5 dias internado no Hospital Santa Juliana, fazendo uso de antibióticos, sendo transferido para a UTI Neonatal da Maternidade  Bárbara Heliodora, devido à gravidade do quadro clínico;

3.       3. Todos os procedimentos clínicos foram adotados inclusive com a substituição de antibióticos tendo como parâmetro os exames clínicos e laboratoriais realizados diariamente;

4.       4. O recém-nascido evoluiu com piora clínica importante no dia 17 abril e evoluiu para o óbito na manhã do dia 18 de abril;

5.       5. Durante o período de internamento, foram realizados oito exames de radiologia (Rx), nenhum deles apresentou sinais de fratura;

6.       6. As "manchas roxas" identificadas foram em decorrência do baixo número de plaquetas (mesmo após ter recebido transfusão sanguínea), que aumentam a probabilidade de sangramentos pelo corpo;

7.       7. Durante todo o período de internamento a família foi informada da condição de gravidade do recém-nascido;

8.       8. Não houve contato da equipe da reportagem com a direção desta unidade com o objetivo de esclarecimento dos fatos;

9.       9. Por fim, informamos que toda documentação com relação ao fato está disponível aos familiares e que cópia dos documentos foram enviadas ao Conselho regional de Medicina do Acre para apuração, procedimento padrão das unidades de saúde do Estado.         

Rio Branco 20 de Abril de 2010.

Mário Marcelo Gonçalves Pinto
Pediatra-Neonatologista – Chefe do Serviço de Pediatria

Edvaldo Amorim de Souza
Diretor Técnico Assistencial do SASMC

Lorena Elizabeth Rojas Seguel
Diretora Geral do SASMC