terceira fase

No Baixo Acre e Purus: governo iniciará projeto de capacitação dos gestores municipais em patrimônio cultural

O governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), dará sequência ao projeto de Articulação Institucional para Fortalecimento, Reconhecimento e Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural do Acre, com gestores culturais dos municípios das regionais do Baixo Acre e Purus.

Visita técnica dos gestores e equipe do DPHC as ruínas da Casa dos Ruelas, em Cruzeiro do Sul, obra construída em 1940. Foto: cedida

A terceira fase começará no mês de novembro nas cidades de Senador Guiomard, Bujari, Porto Acre e Sena Madureira. A terceira etapa finalizará no mês de dezembro na cidade de Manoel Urbano.

Os municípios de difícil acesso, Plácido de Castro, Acrelândia e Capixaba serão contemplados no ano de 2022 com o projeto.

Entrega do certificado aos gestores de Rodrigues Alves. Foto: cedida

Dentre as programações, os gestores irão participar de oficinas que abordam as temáticas das legislações internacionais e nacional de patrimônio histórico e cultural; educação patrimonial; arqueologia e jornalismo cultural.

Gestores de Assis Brasil participando das oficinas do projeto. Foto: cedida

“A atividade da Divisão de Patrimônio Histórico e Cultural está recebendo uma receptividade muito boa pelos gestores municipais. A ideia de estreitar laços, de incentivar a elaboração de projetos e principalmente de proteger e preservar o nosso patrimônio cultural foi e está sendo algo muito enriquecedor, não só para a Instituição, mas também para cada um dos pesquisadores que são membros da equipe”, destacou a coordenadora do Projeto, Elane Cristine da Silva.

Gestores de Xapuri durante oficina. Foto: cedida

O projeto já percorreu os municípios de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Cruzeiro do Sul e Tarauacá, onde já capacitou mais de 200 gestores culturais.

Visita técnica ao Centro Cultural do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Foto: cedida