Avanços

Major Rocha e ministra da Agricultura pactuam ações pelo desenvolvimento do Acre

O vice-governador Major Rocha esteve nesta segunda-feira, 9, em Brasília, onde se reuniu com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, para tratar de uma série de pautas estratégicas para o desenvolvimento do agronegócio no Acre. 

Entre os principais assuntos debatidos estão a retirada da vacina contra a aftosa e criação da AMACRO Foto: Carlos Silva /MAPA

Junto com outros representantes do Executivo estadual e parlamentares federais, os principais assuntos tratados foram a questão da retirada da vacina contra a aftosa, além da criação da Zona Especial para o Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Acre, Amazonas e Rondônia (Amacro), reunião dos recortes territoriais dos estados do Amazonas, Acre e Rondônia, visando um melhor aproveitamento dos potenciais de desenvolvimento dessas unidades federativas.

Participaram ainda do encontro a deputada federal Mara Rocha, o senador Márcio Bittar, o secretário de Produção e Agronegócios (Sepa), Edivan Maciel, o presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Tião Bocalon, o deputado estadual Luiz Gonzaga e o Superintendente do Incra no Acre, Sérgio Bayum.

“Estivemos mais cedo numa reunião com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, onde nos foi garantido o investimento de R$ 4,5 milhões para fortalecer a agricultura familiar acreana. E com a ministra, fomos muito bem recebidos para juntos buscar soluções para demandas importantes do Acre”, conta o vice-governador. 

O secretário Edivan Maciel destacou que está reformando a infraestrutura básica da Sepa e para que o Acre consiga se tornar zona livre de aftosa sem vacinação é necessária a contratação de novos profissionais, solicitando o envio de veterinários do Ministério para auxiliar no trabalho de cumprimento dos protocolos internacionais.

Membros do governo do Estado e da bancada federal estiveram presentes no encontro com a ministra Foto: Carlos Silva /MAPA

“Essa ajuda, prometida pela ministra, nos ajudará a tornar o Acre uma área livre de aftosa sem vacinação. O governo do Estado está reformando nossas estruturas, estamos conseguindo material e insumos para trabalhar e, com a chegada dos médicos veterinários, nosso Acre estará apto para entrar no mercado de carne”, afirmou Edivan Maciel.

A deputada federal Mara Rocha esteve presente no encontro e defendeu um maior trabalho junto ao estado para o fortalecimento das exportações. 

“Esta é uma demanda dos produtores acreanos que exportam produtos para a Bolívia e o Peru. Eles estão sendo prejudicados pela falta de profissionais do MAPA para realizar a fiscalização fitossanitária e análise visual da carga, bem como o desembaraço da documentação para a exportação, lembrando que estamos tratando de mercadorias perecíveis, que podem se perder em função da demora na fiscalização”, informou a parlamentar.