Preventivo

Iapen realiza mutirão de exames na Unidade Feminina, em parceria com o Hospital de Amor

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), em parceria com o Hospital de Amor, efetuou nesta terça-feira, 8, uma ação especial para as detentas da Unidade de Regime Fechado Feminina de Rio Branco. Um mutirão de exames foi organizado e realizado por meio da Unidade Móvel do Hospital – uma carreta que possibilita a realização de atendimentos e exames de mamografia e Preventivo de Câncer de Colo Uterino (PCCU).

Unidade Móvel do Hospital de Amor possibilitou o mutirão. Foto: Neto Lucena/Secom.

Cerca de 34 mulheres que ainda não haviam realizado os procedimentos que ocorrem anualmente na unidade foram atendidas,  21 delas com exames de PCCU e 13 com mamografias.

A ação é realizada em cumprimento ao Plano Estadual de Atenção às Mulheres Privadas de Liberdade e Egressas do sistema.

Foram oferecidos às detentas os exames de mamografia e PCCU. Foto: Neto Lucena/Secom.

Segundo a chefe da Divisão de Saúde Prisional do Iapen, Ingrid Suárez, outras ações ainda serão realizadas na unidade em parceria com instituições. Ela também destacou a importância da atividade para o sistema, pois evita a saída das detentas para atendimentos externos, como em clínicas e hospitais.

“Elas têm a oportunidade de serem atendidas dentro da unidade prisional por meio da unidade móvel do Hospital de Amor que é a carreta”, destaca.

Ela também ressaltou a necessidade de garantir os direitos daquelas que perderam sua liberdade, como acesso à saúde, educação, trabalho, dentre outros.

“A saúde da mulher é de extrema importância, tanto para nós que estamos livres, como para aquelas que estão reclusas, e faz parte das políticas nacionais, desse eixo saúde, cuidar e garantir a saúde dessas mulheres”, afirmou Ingrid.

Para a enfermeira responsável pela unidade móvel do Hospital de Amor, Jaqueline Andrade, prestar este tipo de ajuda humanizada de maneira igualitária é de suma importância.

“É importante poder prestar a mesma assistência, o mesmo cuidado que temos com as nossas pacientes no centro de prevenção, aqui na nossa unidade móvel também”, disse.