Governo promove a sargento 82 militares do Corpo de Bombeiros

Os 82 militares do Corpo de Bombeiros passaram a ser sargentos da corporação após um intenso curso oferecido pelo governo (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Os 82 militares do Corpo de Bombeiros passaram a ser sargentos da corporação após intenso curso oferecido pelo governo (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governo do Estado realizou na manhã desta quarta-feira, 30, a promoção de 82 membros do Corpo de Bombeiros para a graduação de terceiro-sargento.

A solenidade, realizada no Teatro Plácido de Castro, contou com a presença do governador Tião Viana e foi marcada pela emoção dos formandos e dos familiares.

Segundo a corporação, o sargento é um modelo de chefe para cabos e soldados da instituição. Ele tem um papel de destaque em dirigir pequenos grupos.

Para alcançar essa graduação, os alunos do Corpo de Bombeiros fizeram um curso de formação por seis meses, com uma qualificação dividida em 38 disciplinas que variam entre atividades técnicas e operacionais, além de instruções na área  do direito.

“O sentido dessa formação é a ascensão de carreira. Sei do esforço pessoal de cada um aqui, que sai de casa e vai defender vidas. Nunca vou esquecer o esforço dos bombeiros durante a cheia do Rio Madeira, em 2014, auxiliando a travessia dos caminhões com alimento para o estado. Também não posso esquecer o empenho na tragédia de Brasileia, nas cheias em Rio Branco. Por isso essa é uma atividade que traz orgulho a todos”, disse o governador Tião Viana.

Treze mulheres foram promovidas (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Doze mulheres foram promovidas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Para o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Gundim, as promoções de oficiais no Acre estāo seguindo o cronograma de forma correta pelo governo, que tem sido um grande parceiro no fortalecimento da corporação.

“É um ganho para a corporação e para a sociedade. Nossos homens e mulheres ficam mais capacitados, porque esse é o maior investimento que um comandante pode deixar para a corporação: a capacitação de sua tropa. E aqui ficam os agradecimentos ao governador, que permitiu esse curso de formação mesmo num momento de crise”, conta o comandante Gundim.

“Em nossa carreira temos de hoje em diante um novo marco”, conta Jaqueline (Foto: Sérgio Vale/Secom)
“Em nossa carreira temos de hoje em diante um novo marco”, conta Jaqueline (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Dos 82 militares promovidos a sargento, 12 são mulheres, representando um marco histórico no Corpo de Bombeiros do Acre.

Jaqueline Miranda, uma das promovidas, revela a satisfação que o momento trouxe em sua vida profissional e pessoal: “Em nossa carreira, temos de hoje em diante um novo marco, já que teremos comando, tanto no administrativo quanto no operacional. É um acréscimo intelectual e financeiro, que vai nos gerar várias gratificações”.