Juntos por nossa BR

Governo participa de caravana para fiscalizar obras na BR-364

Já nas primeiras horas da sexta-feira, 30, a governadora em exercício Mailza saiu de Rio Branco, capital do estado, acompanhando a caravana de parlamentares pela BR-364, a principal rodovia do Acre.

Caravana saiu de Rio Branco, pela BR-364, com destino à Cruzeiro do Sul. Foto: Cleiton Lopes/Secom.

O objetivo da comitiva, intitulada “Juntos por nossa BR” era fazer o percurso de Rio Branco à Cruzeiro do Sul para averiguar as atuais condições de trafegabilidade da via.

Governadora, em exercício, Mailza acompanhou todo o trajeto Foto: Felipe Freire/Secom

“Perdi as contas de quantas vezes passei por esta estrada durante o meu mandato de senadora, e esse ano, já como vice-governadora também. A gente sabe o quanto essa BR é importante para a população, por isso esse esforço conjunto é fundamental. Precisamos dos nossos parlamentares na aquisição de recursos, empenhando esforços para que um trabalho melhor seja realizado”, disse a governadora.

Comitiva parou para observar trechos em obra. Foto: Cleiton Lopes/Secom.

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado estadual Luiz Gonzaga, explicou a iniciativa dos parlamentares. “A Frente Parlamentar foi formada para fazer essa fiscalização e ajudar. Esse é um compromisso nosso para uma reconstrução com mais responsabilidade”, disse.

Caravana foi de Rio Branco à Cruzeiro do Sul. Foto: Felipe Freire/Secom.

Durante o trajeto, a comitiva fez algumas paradas em pontos estratégicos, que já estão em recuperação, e que em apenas uma semana desde o início dos trabalhos já representam melhora.

“A previsão é de que, até o final de julho, a BR esteja em condições mais confortáveis para os usuários. Necessitamos do apoio da bancada federal para que a estrada não fique sem recurso”, solicitou o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Ricardo Araújo.

Comitiva realizou paradas estratégicas ao longo da BR Foto: Neto Lucena/Secom.

Ainda segundo o superintendente do Dnit, os trechos da estrada em que foram aplicadas a tecnologia macadame são aqueles que sofreram menos deterioração. Ocorre que, o pavimento em questão custa 40% mais que outros tipos.

Visando comprovar maior eficácia da tecnologia, a equipe do Dnit conduziu a caravana por partes da estrada em que fora aplicado outro tipo de pavimento. Nestas áreas a ação do clima, tempo e uso eram mais evidentes.

Alguns pontos estão em recuperação, e que em apenas uma semana desde o início dos trabalhos já representam melhora. Foto: Neto Lucena/Secom.

Antes de chegar ao destino final, a caravana parou em Sena Madureira e Feijó, para se reunir com os prefeitos e a população.

Para a deputada federal, Socorro Neri, que integra a Comissão Externa de Obras Públicas da Câmara Federal, a reconstrução da BR-364 é vital ao estado. “A comissão faz esse acompanhamento em todo país. Essa visita técnica foi aprovada na Comissão, por entendermos que a estrada é vital para a população acreana. Muito recurso já foi investido, e agora precisamos que a manutenção da rodovia seja feita com a melhor qualidade possível”, enfatizou.

Para a deputada federal, Socorro Neri, que integra a Comissão Externa de Obras Públicas da Câmara Federal, a reconstrução da BR-364 é vital ao estado. Foto: Neto Lucena/Secom.

Durante a viagem, o representante do Dnit anunciou a licitação de ampliação da ponte que fica em Tarauacá, e está parcialmente interditada, por conta de uma erosão. Os investimentos serão de mais de R$ 12 milhões.

O que disseram

Senador Sérgio Petecão. Foto: Neto Lucena/Secom.

“As obras dessa rodovia são, no momento, o que há de mais importante no nosso estado. Como prova de reconhecimento disso, ela é a única que está no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)”.

Sérgio Petecão, senador da República.

Deputado estadual, Nicolau Júnior. Foto: Neto Lucena/Secom.

“Essa parceria entre os poderes é o que vai viabilizar a reconstrução da nossa BR”.

Nicolau Júnior, deputado estadual.

Prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim. Foto: Neto Lucena/Secom.

“Quase 60% da população do Acre necessita trafegar nessa BR. Temos que ter esse cuidado com todos, especialmente com aqueles que precisam ir a capital fazer tratamento de saúde”.

Mazinho Serafim, prefeito de Sena Madureira.

Prefeito de Feijó, Kiefer Cavalcante. Foto: Neto Lucena/Secom.

“Se a estrada fechar, acabou o Juruá. Sabemos que isso não vai acontecer porque nossos deputados, senadores e o governo não vão deixar”.

Kiefer Cavalcante, prefeito de Feijó.

Prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima. Foto: Neto Lucena/Secom.

“Como representantes do povo, nosso papel é fiscalizar o trabalho que está sendo feito aqui, para que o melhor seja entregue à população”.

Zequinha Lima, prefeito de Cruzeiro do Sul.