Governo e Prefeitura de Rio Branco mobilizam Operação Volta pra Casa

Na medição do Rio Acre feita às 15h deste sábado, 30, o nível das águas registravam 14,67 metros. Com a boa notícia a Prefeitura de Rio Branco e o governo do Estado, que coordenam as ações de apoio aos desabrigados anunciaram a Operação Volta pra Casa, que inicia na segunda-feira, 1.

Na reunião da sala de situação da enchente, o governador Tião Viana e o prefeito Marcus Alexandre deliberaram que as famílias que foram desalojadas receberão os kits de limpeza (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Na reunião da sala de situação da enchente, o governador Tião Viana e o prefeito Marcus Alexandre deliberaram que as famílias que foram desalojadas receberão os kits de limpeza (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Uma nova força tarefa será mobilizada, envolvendo 96 homens que se dividirão em 16 equipes – cada uma equipada com caminhão, carro pipa, retroescavadeira e outros itens para apoiar a limpeza das ruas. Ao voltar para casa as famílias receberão um kit de limpeza contendo produtos de higiene.

Na reunião da sala de situação da enchente, que envolve diversos órgãos, entre eles as defesas civil municipal e estadual, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Secretaria de Segurança Estadual, secretarias de Saúde, Assistência Social, Exército Brasileiro, o governador Tião Viana e o prefeito Marcus Alexandre deliberaram que as famílias que foram desalojadas de suas casas e ficaram em casas de parentes também receberão os kits de limpeza.

Ao todo são 382 famílias no abrigo do Parque de Exposições e 850 famílias alojadas em casas de familiares. Ainda no domingo, 31, começa a entrega dos produtos de limpeza para as primeiras famílias que já começam a retornar às suas residências. Quem está no Parque de Exposições volta pra casa a partir de quarta-feira, 3, pois em geral moram nas primeiras casas atingidas e são os últimos a retornar. A estimativa é que no dia 3 o nível das águas esteja 13,50m, com base no ritmo que as águas estão baixando.

O prefeito Marcus Alexandre ressaltou que em nenhum dos bairros atingidos pela alagação houve suspensão no abastecimento de água potável, parabenizando o trabalho realizado pelo governo do Estado.