cooperação

Governo e BVRio iniciam parceria para profissionalizar jovens artesãos de Acrelândia

Designers de móveis de primeira linha, com renome nacional e internacional, serão os mentores dos jovens artesãos, que sonham em morar na floresta com dignidade e prosperidade

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), firmou cooperação técnica com a BVRio, organização que promove o uso de mecanismos de mercado para facilitar o cumprimento de leis ambientais e apoiar a economia verde. A parceria vai possibilitar a qualificação profissional dos jovens que confeccionam artefatos de madeira a partir de resíduos do manejo florestal do Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Porto Dias.

Secretário Israel Milani e Renato Castro Santos da BVRio firmam cooperação Foto: Cleiton Lopes.

“Se as gamelas já são lindas, imagine o que esses jovens serão capazes de produzir depois de aprender técnicas de produção e acabamento de peças refinadas, que poderão ser vendidas a um público seleto e exigente”, disse o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani, que recebeu a visita do coordenador da iniciativa Design & Madeira Sustentável da BVRio (https://www.bvrio.org/pt/design-sustainable-wood), Renato Castro Santos, e aproveitou a oportunidade para apresentar os demais projetos de sucesso desenvolvidos e apoiados pela Sema.

O contato com a BVRio foi estabelecido pela equipe do Núcleo de Manejo Florestal Madeireiro da Sema que, acompanhando de perto o potencial do grupo de artesãos da Associação Seringueira Porto Dias (ASPD), estimulou a assinatura do termo de cooperação. A gestão da Sema, por meio do financiamento do Programa de Desenvolvimento Sustentável de Estado do Acre (PDSA/BID), tem dado visibilidade ao projeto da ASPD e permitido incrementos importantes como as parcerias firmadas com a BVRio e com a Rede Artesol (https://www.artesol.org.br/Associacao_Seringueira_Porto_Dias).

O primeiro contato aconteceu durante a exposição dos objetos de design criados na primeira fase da iniciativa (https://youtu.be/1hLpt2txyEA), na MADE (Mercado.Arte.Design), a maior feira de design autoral da América Latina.

Técnicos da Sema e Renato da BVRio visitam curso no Senai Foto: Cleiton Lopes.

“O trabalho da comunidade Porto Dias é muito belo, mas ainda muito restrito a gamelas. Eu tive o prazer de conhecer os jovens em São Paulo e vi a seriedade com que eles falam do projeto. Conversamos sobre a possibilidade de se criar uma movelaria dentro da comunidade e esse projeto está se concretizando por meio da parceria com a Sema”, citou Renato Castro Santos.

As formações já iniciaram neste mês de março, com o curso de marcenaria básica e confecção de pequenos objetos na sede Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Móveis em Rio Branco – AC. Na próxima semana, quatro integrantes da ASPD vão participar de um intercâmbio na Floresta Nacional do Tapajós, no estado do Pará, junto com representantes da Cooperativa Mista da Flona do Tapajós (Coomflona). Lá eles desenvolveram a primeira fase da iniciativa Design & Madeira Sustentável da BVRio. A imersão contará com presença do designer Carlos Motta, que vai orientar o processo de criação de peças em madeira.

Jovens receberam capacitação sobre pequenos objetos em madeira e acabamentos. Foto: Cleiton Lopes.

Na segunda etapa da parceria, as oficinas vão acontecer na colocação Palhal, onde está a sede da ASPD, no município de Acrelândia. O grupo receberá mais duas capacitações pelo Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Móveis, sendo uma de pequenos objetos em madeira e outra de acabamentos, conforme já acordado com a gerente de tecnologia do Senai, Tânia Guimarães. Ainda nesta segunda etapa, designers de renome internacional que trabalham com objetos de madeira vão até a comunidade para vivenciar de perto a realidade do local. De acordo com Renato, serão trabalhadas técnicas e a cocriação de produtos, num processo colaborativo entre os designers e a comunidade.

As aulas serão ministradas entre maio e setembro de 2020 para um grupo de até dez pessoas escolhidas pela associação, que poderão aplicar e replicar o saber apreendido. A jovem Daiane Correia do Nascimento, com 21 anos, é liderança jovem na comunidade e vai participar de todas as capacitações. “Estamos dando muito valor a essa oportunidade de aperfeiçoar nosso trabalho. Eu, como jovem, pretendo repassar esse conhecimento para quem quiser crescer com a gente nesse projeto”, falou entusiasmada.

Dentro da cooperação entre Sema e BVRio está previsto ainda o apoio na participação em feiras nacionais e rodadas de negócios. Para o artesão da ASPD, Jesus Freitas, o apoio do Governo do Estado e de outras instituições importantes como a BVRio estimulam a continuidade do projeto. Ele e a filha, Daiane Nascimento, estão participando das capacitações viabilizadas por meio da parceria.

Pai e filha dividem o mesmo sonho de trabalhar e viver na floresta Foto: Cleiton Lopes.

BVRio: projeto pioneiro no Acre

Essa é a primeira iniciativa desenvolvida pelo instituto no estado e, de acordo com Renato Castro Santos, o projeto da ASPD será um piloto para novas estratégias de ação em comunidades acreanas que trabalham com madeira de origem legal.

Promover o uso de mecanismos de mercado para facilitar o cumprimento da legislação ambiental é a missão da BVRio, que dentro da iniciativa “Design & Madeira Sustentável” desenvolve treinamentos e capacitações de marcenaria a populações tradicionais e ribeirinhas, para melhor utilização da madeira.

Veja o documentário que marca o final da primeira etapa da iniciativa: https://youtu.be/B5UgnJmOZak).