Governo decreta luto oficial pela morte de padre Paolino

O governador Tião Viana declarou luto oficial de três dias no Acre em pesar pela morte do frei Paolino Baldassari a partir do dia 8 de abril.

Padre Paolino, como era conhecido, morreu na tarde da última sexta-feira, aos 90 anos, de falência múltipla dos órgãos. Ele dedicou sua vida inteira a levar mais que fé para a população, com um grande trabalho voltado para educação e saúde dos povos da floresta, se tornando um símbolo da cidade de Sena Madureira.

Tião Viana esteve neste sábado, 9, na missa de sufrágio pelo padre na Catedral Nossa Senhora de Nazaré e declarou: “Tivemos uma ampla convivência. Um grande amigo de todas as horas. Eu acho que frei Paolino traduz o sentimento de cristão pleno. A madre Teresa de Calcutá uma vez disse que ‘mais valem as mãos que ajudam do que os lábios que rezam’, e o padre Paolino não só exercia a misericórdia todos os dias com suas mãos, como era um homem de profundas orações”.

Morre, aos 90 anos, padre Paolino Baldassari: um legado de amor e santidade

Sena Madureira se prepara para receber corpo do Padre Paolino

Governo decreta luto oficial pela morte de padre Paolino