Solidariedade e compromisso

Governador Gladson Cameli vai a Tarauacá e visita famílias desabrigadas pela cheia do rio

Governador esteve em abrigos e nos quatro bairros atingidos severamente pela inundação; Governo do Estado vai prestar total apoio a prefeitura local no amparo às vítimas

O governador Gladson Cameli visitou as famílias desabrigadas pelas cheias do rio Tarauacá, no município de mesmo nome, distante 440 quilômetros de Rio Branco, na tarde desta quarta-feira, 23. O governador foi ver de perto a situação das mais de 40 famílias que tiveram de deixar suas casas, depois que o rio Tarauacá transbordou, e prestou apoio aos trabalhos de assistência às vítimas pela prefeitura.

Governador Gladson Cameli e sua equipe governamental com a prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia: eles percorreram os bairros alagados e conversaram com moradores que estão sofrendo com as cheias do rio que leva o nome do município. Foto: Pedro Devani/Secom

Na noite desta terça-feira, 22, o rio havia subido mais de um metro acima da cota de alerta. “Esta situação me preocupou bastante e vim prestar a nossa solidariedade a essas pessoas que tanto precisam da mão amiga do Estado, determinando que a nossa equipe, de todas as secretarias, coloque a mão na massa para ajudar a prefeita”, afirmou Gladson Cameli, logo após o desembarque no aeroporto local, ao se dirigir ao bairro Senador Pompeu, um dos mais atingidos pela alagação.

Crianças e uma mulher, dona de casa, observam o movimento das embarcações pelas ruas alagadas de Tarauacá; governo prestou solidariedade nesta quarta-feira, aos atingidos pelas cheias do rio Tarauacá. Foto: Pedro Devani/Secom

“Tão logo eu soube das últimas notícias ontem, às 21 horas, determinei à minha equipe que viéssemos até aqui para dizer que a prioridade é cuidar desse povo junto com a senhora, prefeita [Maria Lucinéia]. Qualquer minuto é muito pouco quando se trata de salvar vidas. E neste momento tão difícil precisamos ser ágeis e práticos”, ressaltou o governador para uma centena de alojados na escola estadual Dr. Djalma da Cunha Batista.

Governador Gladson Cameli visita família que ainda permanece em casa, no bairro da Praia, em Tarauacá; governo está ouvindo as necessidades e vai trabalhar com a equipe da prefeitura local. Foto: Pedro Devani/Secom

No município, ao menos 43 famílias estão desabrigadas e acomodadas em escolas ou na casa de parentes, o que equivale a pelo menos três mil pessoas que tiveram suas casas diretamente afetadas pelas águas.

Gladson Cameli e sua equipe percorreram os bairros alagados e conversaram com moradores de Tarauacá; governo vai prestar todo o auxílio possível às vítimas da inundação no município. Foto: Pedro Devani/Secom

A prefeita Maria Lucinéia agradeceu a visita do governador, classificando o gesto como um carinho do chefe do Executivo acreano pelas pessoas do seu município. “O que é muito salutar é que o governador veio até os bairros, andou pelos trapiches e visitou in loco as famílias que estão precisando tanto de um apoio. Conversar com as famílias, apertar a mão dos mais humildes, conhecendo a realidade deles é algo que nos alegra muito”, asseverou Lucinéia.

Governador Gladson Cameli com a moradora Maria Justino, do bairro da Praia; a mão amiga do estado se faz presente em Tarauacá. Foto: Pedro Devani/Secom

“Ano passado, fomos beneficiados com sacolões pelo nosso governador e hoje, mais uma vez, estamos sendo assistidos novamente”, completou a prefeita, em tom de agradecimento.

Governador Gladson Cameli e sua equipe estiveram com a prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia, percorrendo os bairros alagados e conversaram com moradores que estão sofrendo com as cheias do rio que leva o nome do município. Foto: Pedro Devani/Secom

Além do bairro Senador Pompeu, os mais atingidos são Triângulo, Flores, Praia e parte do Centro da cidade. A dona de casa Maria Justina de Almerindes, de 79 anos, há 12 anos mora no bairro da Praia. Viúva recentemente, ela disse que ter a ajuda das autoridades públicas é muito importante para reduzir a dor que as pessoas estão sentindo ao ver suas casas inundadas. “Não é de agora que o governador Gladson Cameli vem até aqui e entra na minha casa. Eu agradeço muito por ele ter esse olhar por nós. No ano passado, recebi dele até sacolão. E vamos vencer, em nome de Jesus”, diz a idosa, com o semblante de otimismo e esperança.

Governador Gladson Cameli e o chefe da Casa Civil, Rômulo Grandidier posam para a foto com família de Tarauacá e agentes locais do governo do estado. Foto: Pedro Devani/Secom

Também fizeram parte da equipe que acompanhou o governador Gladson Cameli a secretária-adjunta de Saúde, Moama Araújo, o chefe da Casa Civil do Governador, Rômulo Grandidier, e técnicos da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, da Secretaria de Assistência de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres e do Corpo de Bombeiros.