Defensoria comemora o Dia Mundial da Justiça Social com atendimentos no Terminal Urbano

Dezenas de pessoas foram atendidas com serviços da Defensoria Pública (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Em alusão ao Dia Mundial da Justiça Social, a Defensoria Pública do Acre ofereceu durante toda a manhã e início da tarde desta segunda-feira, 20, atendimentos jurídicos no Terminal Urbano, em Rio Branco.

A data surgiu quando a Assembleia Geral das Nações Unidas reconheceu a necessidade de promover esforços para enfrentar questões como a pobreza, a exclusão e o desemprego.

Segundo o defensor público e coordenador do Núcleo da Cidadania da Defensoria Pública, Celso Araújo Rodrigues, a justiça social é promovida quando se eliminam as barreiras enfrentadas pelas pessoas por motivos de gênero, idade, raça, etnia, religião, cultura ou por portar alguma deficiência.

“A justiça social é um princípio fundamental. Apoiamos seus princípios quando promovemos os direitos das pessoas e chegamos mais próximo da população. Esse é o princípio básico da Defensoria Pública”, destacou Rodrigues.

Luiz Pereira disse que atendimentos como esses aproximam a população da Justiça (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Uma das pessoas que foram atendidas foi a doméstica, Maria Rosicleide dos Santos. “Com explicações simples, vou resolver um problema que está pendente desde 2012 e que, por falta de conhecimento e informações, ainda não tinha sido resolvido”, contou.

O aposentado Luiz Pereira de Souza foi outro beneficiado. “A partir das informações obtidas aqui, vou buscar alguns direitos que tenho para serem incluídos na minha aposentadoria. Atendimentos como esses aproximam a população da Justiça, e isso é muito bom”, afirmou.