Conselho dos Direitos da Mulher passa por reestruturação física

A doação faz parte da contrapartida do governo na reestruturação física do Conselho (Foto: Maria Meirelles)
Doação faz parte da contrapartida do governo na reestruturação física do conselho (Foto: Maria Meirelles)

Composto por membros da sociedade civil organizada e de instituições governamentais, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim) tem papel fundamental na elaboração e implementação de políticas públicas de gênero no Acre.

Na tarde da última quinta-feira, 18, a Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SEPMulheres) doou kits de escritório e informática para o organismo.

A doação faz parte da contrapartida do governo na reestruturação física do Conselho. Instituído pela lei n° 1.396, em 11 de julho de 2011, o Cedim é vinculado ao Estado, por meio da SEPMulheres, e composto por 25 conselheiras titulares e respectivas suplentes. O órgão atua na formulação e controle da execução das políticas para as mulheres, emitindo pareceres e acompanhando a elaboração de programas e projetos.

Para a secretária executiva do Cedim, Neuda Muniz, a reestruturação física do conselho reflete na melhora do trabalho desenvolvido. “A parceria do governo do Estado tem sido muito positiva, e a partir dessa reestruturação poderemos atender as demandas com mais qualidade e celeridade”, afirmou.

“Juntas nós somos mais fortes e unidas, nós podemos mais. Por isso, contamos com a participação do Cedim nesta próxima gestão, que se inicia em 2015, em prol dos direitos das mulheres e enfrentamento à violência doméstica”, ressaltou a titular da SEPMulheres, Concita Maia.