Conforme plano do governo, mais de três mil procedimentos cirúrgicos ainda serão realizados este ano no Acre

O Acre teve o Plano Estadual de Redução de Filas aprovado pelo Ministério da Saúde (MS). Com isso, mais de R$ 2 milhões em recursos federais foram destinados para a realização de cirurgias eletivas em todo o estado. De acordo com o programado, até o final do ano, 3.302 procedimentos cirúrgicos serão realizados.

As especialidades contempladas são: ginecologia, cirurgia-geral e pediátrica, proctologia, urologia, e cabeça e pescoço. Foto: Odair Leal/Sesacre

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) apresentou o Plano, nesta terça-feira, 9, durante a 3ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na sede da Associação dos Municípios do Acre (Amac), em Rio Branco.

O Plano Estadual integra o Plano Nacional das Filas de Cirurgia Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas no Sistema Único de Saúde (SUS), instituído através da Portaria GM/MS n° 90. O objetivo é incentivar a organização de mutirões em todo o país, para desafogar a demanda represada.

“Os recursos garantidos auxiliarão os trabalhos do Programa Opera Acre”, falou o secretário de Saúde, Pedro Pascoal. Foto: Júnior Aguiar/Sesacre

“É o esforço conjunto do governo federal, estadual e municipal. Os pacientes estão nos municípios, mas não estão restritos aos limites geográficos, são usuários do SUS. Isso é para mostrar o nosso compromisso com todos”, destacou o secretário de Saúde, Pedro Pascoal.

Constam no documento, ações macros, com a característica de viabilidade por parte da Sesacre na realização de oferta de procedimentos cirúrgicos eletivos. Inicialmente será repassado 1/3 do valor estabelecido, o que representa cerca de R$ 850 mil.

A gerente de assistência do Complexo Regulador Estadual, Maressa Guimarães. Foto: Júnior Aguiar/Sesacre

“Levando em consideração a logística dos municípios, para tentar atender todas as regionais, elaboramos o plano, enviamos para o Ministério da Saúde e foi aprovado. Estamos com esse recurso em conta e já começamos a execução em nossas unidades”, informou a gerente de assistência do Complexo Regulador Estadual, Maressa Guimarães.

Reunião da CIB

A reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) é realizada mensalmente. Dela participam secretários municipais de Saúde e gerentes de áreas técnicas da secretaria estadual e municipais de Saúde, para discutir problemas e elaborar propostas de aperfeiçoamento das ações no estado.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest