Todas as crianças com menos de cinco anos devem ser imunizadas

osvaldo_leal_foto_gleilson_miranda_02.jpg

Secretário de Saúde, Osvaldo Leal, apresentou a mobilização do Governo do Estado para garantir a imunização no Acre (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

vacina_foto_gleilson_miranda_01.jpg

Todas as prefeituras já receberam as doses da vacina (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

As crianças menores de cinco anos já podem ser vacinadas contra a paralisia infantil. O Dia D da campanha contra a poliomielite será no próximo sábado, 20. Mas as doses já foram distribuídas às secretarias municipais e estão disponíveis nas unidades de saúde.

De acordo com o planejamento da Secretaria de Estado de Saúde, quase dois mil profissionais estão aptos a participar da campanha. Foram entregues 95.425 doses, 25 embarcações realizam a vacinação nas comunidades isoladas e 128 veículos foram destacados para atuar nessa campanha.

A meta é atingir a cobertura vacinal de 95% das crianças com até cinco anos de todos os municípios acreanos, o que representa 78.653. A campanha contra a paralisia infantil é realizada duas vezes por ano, como forma de reforço, além das doses regulares, conforme a carteira de vacinação.

A chamada estadual de mobilização para que os pais reconheçam a importância da vacina foi feita durante coletiva à imprensa na manhã desta terça-feira, 16. No sábado, 20, os responsáveis pelas crianças poderão vaciná-las no período das 8 às 17 horas, em um dos 378 postos móveis ou fixos. Ao levar a criança ao posto de saúde, os pais devem apresentar a carteira de vacinação para atualizar as possíveis imunizações atrasadas.

O secretário de Saúde, Osvaldo Leal, lembra ainda que a única restrição para que a criança não seja vacinada é o fato de estar no momento apresentando vômito ou diarréia, em razão de a imunização ser via oral – são apenas duas gotinhas. “Mas nada impede que as crianças sejam vacinadas em outra data. Outros sintomas comuns nessa idade, como febre, não impedem a vacinação”, destacou.