Teatro no Parque

Crianças e adolescentes aprendem sobre elementos da cultura acreana através das artes cênicas

 

teatro_210708_helderjr.jpg

Usar brincadeiras, cantigas, histórias entorno dos seringais e outros elementos da cultura popular acreana para estimular a atração pelo teatro em crianças e adolescentes. Esse método pode ser visto nas terças e quintas-feiras, no Parque Capitão Ciriaco, das 14h às 16h. 

Orientados pela atriz e contadora de história Daniele Rodrigues, o grupo infantil de 23 alunos, em média, participa da Oficina de Iniciação ao Teatro Popular. As idades variam de 7 até 14 anos. O projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, gerenciada pela Fundação Garibaldi Brasil. 

"O objetivo da oficina é criar um público de jovens de comunidades carentes para o teatro, principalmente o ‘teatro de rua’", explica Daniele. Segundo ela, no decorrer das aulas, estimulam-se talentos para atuar e apreciar as artes cênicas. 

Com experiência de 15 anos no ramo teatral – destes, oito participando do grupo Vivarte -, Daniele Rodrigues lida há cinco anos com pesquisa e ensinamento sobre cultura popular acreana para crianças. Esse trabalho já foi realizado no interior do Acre, em municípios como Xapuri, Brasiléia, Bujari, entre outros.

Arte Pública –  Teatro de Rua se trata de um gênero de teatro popular apresentado em praças, ruas, avenidas e demais lugares públicos, ao ar livre, em rodas de espectadores ao nível do chão – como os camelôs o fazem – ou em plataformas, ou caminhões etc, geralmente de maneira rápida, com iluminação e recursos técnicos menores, ou inexistentes.

Uma das grandes sacadas se deve ao fato das dinâmicas acontecerem abertamente no Parque. Dessa forma, as crianças aproveitam o espaço e a cultura fornecidos pelo local. "É importante que as crianças visualizem a importância de nossa cultura. Nesse sentido, o teatro serve como ferramenta de aprendizado.", afirma Daniele.

Ao final da oficina, os alunos realizarão apresentações em escolas públicas ainda não definidas. Maiores informações, através do telefone 32242503.