infraestrutura

Serviços de água e esgotamento sanitário deverão ser ampliados na Cidade do Povo

Com recursos da Caixa Econômica Federal, o governo do Acre executa importantes intervenções para ampliar e melhorar o sistema de saneamento básico de Rio Branco.

Nesta quinta-feira, 28, a presidente do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), Waleska Dessotti, e o secretário adjunto da pasta estadual de Infraestrutura e Desenvolvimento (Seinfra), Jamerson Lima, reuniram-se com representantes da instituição financeira, para dar continuidade às tratativas para o andamento dos projetos financiados pela Caixa, no âmbito do Depasa.

Os principais temas da pauta foram os convênios para ampliação e melhoria dos serviços de água e esgotamento sanitário na Cidade do Povo. Os projetos contemplam a ampliação do sistema de água e construção de reservatórios, bem como ampliação de rede de esgotamento sanitário.

Governo encaminha ações para ampliar e melhorar serviços de saneamento básico na Cidade do Povo. Foto: Clemerson Ribeiro/Depasa

“Fizemos uma proposta de ampliação dessa rede de esgotamento sanitário, com a recuperação da rede já existente e implantação da segunda etapa da Cidade do Povo”, explicou o secretário adjunto da Seinfra, Jamerson Lima.

Waleska Dessottti destacou a importância das intervenções para a saúde e qualidade de vida da população: “Água é vida. A Cidade do Povo é um dos bairros mais populosos e essas são intervenções importantes para que possamos melhorar o atendimento aos moradores do local”.

Ainda com recursos da Caixa Econômica Federal, o governo do Acre executa obras de saneamento integrado em vários bairros da capital. Os projetos contemplam implantação de rede de abastecimento de água e coleta de esgoto, drenagem, pavimentação e calçadas com acessibilidade nos bairros Conquista, Ouricuri, Salim Farhat, Santa Helena e  Santa Luzia.

Obras na Seinfra

Durante a reunião com a Caixa, os representantes do Depasa e Seinfra detalharam os procedimentos a serem adotados em atendimento ao disposto na lei 3637/2020, que trata da transferência das obras em saneamento para o âmbito da Seinfra.

Com a medida, o Depasa poderá centralizar esforços na sua atividade-fim, que é garantir serviços de água e esgoto, ficando as obras de implantação e melhorias do sistema de saneamento sob responsabilidade da Seinfra, que também possui estrutura e capacitação para o desenvolvimento desses projetos.

“A meta é trabalhar com transparência e eficácia, visando sempre melhores resultado e atender bem a população. Esse é o objetivo do governador Gladson Cameli, e para isso unimos forças, alinhando ações em conjunto”, enfatizou a presidente do Depasa.