Segurança Pública apresenta balanço de ações em 2011

 

Segurança Pública faz balanço das principais ações desenvolvidas em 2011 (Assessoria Sesp)

Segurança Pública faz balanço das principais ações desenvolvidas em 2011 (Assessoria Sesp)

Representantes do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), formado pela Secretaria de Segurança Pública, Departamento Estadual de Trânsito, Instituto de Administração Penitenciária, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Militar, estiveram recepcionando a imprensa na manhã desta segunda-feira, 19, para uma entrevista coletiva.

O secretário de Segurança Pública, Reni Graebner, disse que a Sesp catalogou dados bastante positivos, com investimento de R$ 8 milhões na área de reaparelhamento das polícias Civil e Militar, aquisição de novos equipamentos para videomonitoramento, o Disque Denúncia – a ser implantado no início de 2012 -, a modernização de rádios analógicos para o sistema digital e a cessão de 32 antenas versáteis a serem instaladas nas regiões de fronteiras.

No combate aos homicídios, ele disse que o governo do Estado está de parabéns ao determinar a criação de um plano de metas para reduzir os indicadores da violência no Estado. “Os resultados foram muito satisfatórios: tínhamos uma meta de 7% como referência de redutor de crimes de homicídio e conseguimos chegar a esta data com a redução de 23,24% no Estado em relação ao ano passado”, concluiu o secretário.

Ações do Detran

A diretora do Detran, Sawana Carvalho, reconheceu que, apesar dos esforços e investimentos, não foi possível reduzir o número de acidentes com vítimas  fatais. No ano passado, o numero foi de 129. Em 2011 (até segunda-feira, 19) chegou a 165.

A diretora enumerou vários investimentos já realizados. “Foram instaladas 1.500 placas  de sinalização  e mais de 50 mil metros de faixas pintadas na capital e no interior. Estamos há 20 dias sem acidentes fatais no trânsito em Rio Branco e há 60 dias sem registros em Cruzeiro do Sul, graças aos investimentos que estão sabendo realizados”, afirma.

De acordo com a direção do Detran, em 2011 foram emplacados 12.114 novos veículos, uma média de 1.200 por mês. “Atualmente nossa frota está com 176 mil veículos, sendo 121.500 só em Rio Branco.  70% desse total é de motocicletas.” Estudos indicam que apenas 6% dos casos de acidentes com vítimas foram culpa da engenharia de trânsito. “Álcool, excesso de velocidade e desrespeito às leis são as causas predominantes da violência no trânsito.”

Ações da Polícia Militar

O coronel José  Anastácio dos Reis falou das ações preventivas e do reaparelhamento de todos os batalhões. Informou em primeira mão que no próximo ano será relançado o Batalhão Especial de PM Mirim, com a participação também das meninas em idade entre 12 e 14 anos.

O Bope teve atuação importante em operação de apoio às unidades do interior e também das outras secretarias. O comandante disse que este ano foram submetidos ao curso de aperfeiçoamento 110 sargentos, e 86 PMs fizeram cursos diversos.

Iapen

O diretor do Iapen, delegado Dirceu Augusto, disse que a instituição é um paradoxo. “Se a segurança está bem, o sistema incha; se o sistema vai mal, o sistema também incha. A explosão demográfica dentro dos presídio é uma situação geral do país, e não uma prerrogativa do Acre”, declarou. Ele afirma que, ao cometer um crime, o cidadão é duplamente penalizado: pela lei e pela sociedade. A lei o absolve após a conclusão da sentença. A sociedade, não. “Seria bom que o ex-reeducando tivesse oportunidade de se reintegrar ao mercado de trabalho e ser uma pessoa de bem.”

A autoridade disse também que no próximo ano será entregue a unidade prisional de Senador Guiomard, com capacidade para 580 presos.

Polícia Civil

O delegado Emilson Farias contou que o governo do Estado se comprometeu em 2012 a abrir concursos para peritos, legistas e papilocopistas (policial especializado em identificação com digitais). Para a Polícia Civil, as delegacias novas de Capixaba e Mâncio Lima foram importantes para a redução de homicídios nos municípios, além ajudar no aparato e estrutura do interior.

Corpo de Bombeiros

O coronel do Corpo de Bombeiros Flávio Ferreira Pires afirmou que a equipe dos bombeiros, além dos habituais cursos de aperfeiçoamento, a brigada esteve no interior para esclarecer aos produtores rurais nos perigos dos incêndios (queimadas). Ao todo, as palestras envolveram cerca de 600 pessoas.

Outro projeto que obteve sucesso este ano foi o Guarda-Vidas, com mais de 500 jovens inscritos. O programa procura beneficiar jovens em situação de risco. Foram aprovados garotos com o mínimo de condicionamento físico e preparação. No total, 48 foram aprovados e continuaram com o treinamento para auxiliar no combate a afogamentos.

Os aprovados ganham um auxílio para trabalhar de salva-vidas em clubes e banhos particulares, o que evita o envolvimento com a criminalidade, além de ser um apoio aos bombeiros, pois, devido às ocorrências, nem sempre há salva-vidas oficiais disponíveis nos batalhões.