Segurança e Tribunal de Justiça estreitam laços para enfrentar criminalidade

Reunião com membros do Judiciário e gestores do Sistema Integrado de Segurança (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Reunião com membros do Judiciário e gestores do Sistema Integrado de Segurança (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Na manhã desta sexta-feira, 19, a cúpula da Segurança Pública se reuniu com a presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC), Maria Cezarinete Angelim, no intuito de estreitar as relações entre as instituições que fortaleçam as ações de combate à criminalidade, especialmente neste momento.

A reunião também contou com a participação da corregedora do TJ/AC, desembargadora Regina Ferrari Longuini, e do corpo de magistrados que compõe a Câmara Criminal.

Na oportunidade, o secretário de Estado de Segurança Pública, Emylson Farias, apresentou a Operação Integrada da Segurança Pública, promovida como resposta e enfrentamento aos eventos criminosos ocorridos no Estado.

Segundo o gestor, a integração entre os três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – é essencial e efetiva neste momento.

“Aqui estamos fazendo um agradecimento ao Poder Judiciário pelo empenho dos juízes de direito, que têm tratado essa matéria com muito zelo. Aos poucos, temos conseguido avançar. Vamos continuar com a mesma firmeza e intensidade, para que possamos estabelecer a paz social em todo Estado”, frisou Farias.

Para a desembargadora Cezarinete Angelim, quando há união entre as instituições, a resposta à sociedade é mais rápida, e o momento requer exatamente isso.

“Intensificar parcerias com a Segurança Pública é importante. A magistratura do Acre está acompanhando e pronta para o enfrentamento que se fizer necessário em defesa da sociedade”, reforçou a presidente do TJ/AC.