Secretária Suely recebe Organização Pan-Americana de Saúde

Membros da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), de Washington e do Brasil, e da Coordenação Nacional da Malária chegaram a Rio Branco na manhã desta quarta-feira, 19, para cumprir um cronograma de visita ao Acre, no período de 19 a 22 deste mês.

A equipe se reuniu com a secretária de Estado de Saúde, Suely Melo, e a diretora de Vigilância em Saúde do Estado, Izanelda Magalhães, para conhecer a realidade local e as estratégias utilizadas para o alcance dos resultados no controle da malária no Juruá.

A equipe da Opas está no Acre para acompanhar os trabalhos de combate à malária (Foto: Álefe Souza/Sesacre)
A equipe da Opas está no Acre para acompanhar os trabalhos de combate à malária (Foto: Álefe Souza/Sesacre)

Após breve reunião, os integrantes da Opas e Suely Melo seguiram para Cruzeiro do Sul, onde participarão de outra reunião com a Coordenação de Endemias. Nos demais dias, irão verificar as ações de combate à malária na região.

Suely Melo destacou que a estratégia do Acre, reconhecida por três anos consecutivos como uma das três melhores no combate à malária, pelo prêmio organizado pela Opas, é resultado de ações desenvolvidas no Vale do Juruá pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em parceria com os municípios.

“Em 2006, uma epidemia exigiu medidas emergenciais na região do Vale do Juruá. Naquele período, eram registrados, mensalmente, 12 mil casos da doença no estado. Hoje, são pouco mais de dois mil por mês.”
Suely Melo, Secretária de Estado de Saúde

Por intermédio de uma coordenação organizada e bem estruturada, foi possível desenvolver a ação local de mobilização social e educação em saúde, aumentando a precisão e a rapidez do diagnóstico em áreas de difícil acesso, garantindo a vigilância, com o auxílio de supervisões sistemáticas, bem como a realização de estratégias de controle vetorial com o uso racional de inseticidas.