Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos envia donativos e reforça equipes nos municípios atingidos pelas enchentes

Para contribuir no amparo às pessoas afetadas pela alagação do Rio Acre, o governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), está enviando insumos e suprimentos a vários municípios, considerando a necessidade apresentada por cada gestor municipal.

Nesta terça-feira, 27, foram enviadas mais 300 cestas básicas e 300 garrafas de água mineral ao município de Brasileia, que já recebeu em entrega anterior 206 galões de água mineral (5 litros), 75 cestas básicas, 10 caixas de sabão em barra e 10 caixas de sabão em pó, entregues à Defesa Civil do município.

Para Epitaciolândia, que apresentou a necessidade de alimentos para o preparo das comidas a serem entregues nos abrigos foi destinado 206 galões de água mineral (5 litros) e 100 cestas básicas. Em Assis Brasil foram entregues à Assistência Social do município 206 garrafas de água mineral, 100 cestas básicas, 65 kits de limpeza.

Donativos foram entregues em Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia. Foto: Cedida

“O governo do Estado, por meio de suas secretarias, montou uma rede de comunicação unificada para que possa atender todo o estado, garantindo a entrega dos insumos aos munícipios afetados, seja por meio terrestre, aéreo ou aquático. E esse trabalho está sendo possível graças a essa união e colaboração de todos”, explica a gestora da Seasdh, Zilmar da Rocha.

A SEASDH está realizando um trabalho de gestão junto aos municípios para avaliar as necessidades de cada localidade e a forma mais ágil de suplementar e auxiliar os municípios afetados dentro das normas e processos legais.

Além do envio de insumos, os técnicos da SEASDH estão se deslocando aos munícipios dando orientação aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de como proceder com as informações para solicitar os recursos emergenciais, conforme o decreto.

Secretária destaca o trabalho conjunto entre as secretarias de governo e apoio aos municípios. Foto: Fhaidy Acosta/Secom

“Estamos suplementando os municípios dentro do que é possível para as medidas emergenciais. Cestas básicas, kit de higiene pessoal, kit de limpeza, kit bebê, tudo isso já está sendo adquirido. E já estamos recebendo doações via pix e também disponibilizando um ponto de arrecadação de doações”, acrescenta a gestora da SEASDH.

O ponto de coleta principal para o recebimento de doações é a Biblioteca Pública de Rio Branco. Além dos pontos de coleta físicos, a campanha também aceita doações via pix, para quem não consegue entregar nos locais físicos de arrecadação.

 

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest