conversa

Secretaria da Fazenda promove palestra sobre impactos da dependência química na saúde mental

Por Aleff Matos

Em alusão ao Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo, celebrado dia 20 de fevereiro, a Secretaria da Fazenda (Sefaz), por meio da Divisão de Humanização, realizou nesta quarta-feira, 28, uma roda de conversa com o tema Impactos da dependência química na saúde mental e nas relações sociais e o avanço de políticas públicas no acolhimento, tratamento e acompanhamento.

O evento foi alusivo ao Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo, celebrado dia 20 de fevereiro. Foto: Aleff Matos/Sefaz

A intenção foi conscientizar servidores e colaboradores sobre a problemática e os impactos gerados na vida profissional e social. A conversa ocorreu no auditório da Filmoteca Acreana, na Biblioteca Pública, em Rio Branco, e contou com a participação do psicólogo especialista em dependência química, Marcelo Raiol, que abordou o tema com o público presente.

“Explicamos, hoje, como se desenvolve a dependência química e até que ponto o uso de substâncias psicoativas compromete a saúde mental e as relações profissionais e pessoais e, caso esteja comprometendo, quais meios se deve buscar para se recuperar”, destaca Raiol.

A intenção foi conscientizar servidores e colaboradores sobre a problemática e os impactos gerados na vida profissional e social. Foto: Aleff Matos/Sefaz

Durante a conversa, os servidores da secretaria puderam tirar dúvidas e entender como identificar as características da dependência química e como tratá-la.

A psicóloga e uma das idealizadoras do evento, Eucinete Ferreira, destaca a importância do bate-papo para o servidor. “Essa ação faz parte do Programa Qualidade de Vida no Trabalho, que está sendo implementado na Sefaz. Com essa perspectiva, elaboramos projetos para auxiliar os colaboradores, evitando danos à sua saúde”, explica a servidora.

A iniciativa integra o cronograma do Programa Qualidade de Vida no Trabalho, implementado no âmbito da Sefaz. Foto: Aleff Matos (Ascom/Sefaz)

Além de servidores e colaboradores da Sefaz, estiveram presentes representantes da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned) e da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE).