Seaprof empossa gerentes dos escritórios de Brasileia e Epitaciolândia

A Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) deu posse na segunda feira, 4, aos novos gerentes dos escritórios de Brasileia e Epitaciolândia. Os atos foram prestigiados por representantes de sindicatos, associações de produtores rurais e autoridades.

“Com os investimentos ao longo dos últimos anos, o governador Tião Viana demostra o compromisso com os pequenos, médios e grandes produtores”, enfatizou a deputada estadual Leila Galvão.

Por causa da implantação de indústrias como a AcreAves e a Dom Porquito, os municípios do Alto Acre, atualmente, são responsáveis por boa parte da produção de milho no estado. A safra em 2014 foi de aproximadamente sete mil toneladas do grão.

“O governo tem feito grandes investimentos na produção do milho, e os produtores, dado uma resposta muito boa”, destacou João Lima, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasileia.

Quem são os novos gerentes

Em Brasileia o novo gerente é Antônio Francisco Nascimento. Nos últimos anos ele prestou serviço para o Instituto de Terras do Acre (Iteracre). “Nosso lema aqui na Seaprof vai ser parceria. O desafio é oferecer assistência técnica de qualidade e ajudar na organização dos produtores rurais para ampliarmos nossa produção”, destaca.

Em Epitaciolândia, o novo gerente é Adelson dos Santos. O engenheiro florestal, com pós-graduação em educação e meio ambiente, chega com o desafio de ampliar a parceria entre governo e produtores. “O produtor de Epitaciolândia tem muita vontade de trabalhar. Temos um solo fértil e a Seaprof vai oferecer as condições para que a produção cresça ainda mais”, afirma Adelson.

Os dois novos gerentes foram empossados pelo titular da Seaprof, Glenilson Figueiredo. “Precisamos de gestores que tenham o olhar atento para as necessidades dos produtores familiares. A Seaprof vai se consolidar cada vez mais como a parceria do pequeno produtor acreano”, disse.