Saúde realiza oficina sobre suplementação de vitamina A

O programa foi implantado nos 22 municípios do Acre (Arquivo Secom)
Programa foi implantado nos 22 municípios do Acre (Arquivo Secom)

Nesta terça-feira, 29, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) realizará uma oficina sobre o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, que visa reduzir e controlar a deficiência nutricional de vitamina A em crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade e puérperas no pós-parto imediato.

O evento será no auditório do Acreprevidência, a partir das 9 horas, e será direcionado aos coordenadores nutricionais dos municípios das três regionais de saúde.

A deficiência de vitamina A (DVA) é considerada uma das mais importantes deficiências nutricionais dos países em desenvolvimento. No Brasil, a DVA era considerada um problema de saúde pública, sobretudo na Região Nordeste e em alguns municípios das regiões Sudeste e Norte.

De acordo com a gerente da Divisão de Alimentação e Nutrição, Deltirene Cardoso, o programa foi implantando no Acre em 2011, porém, só quatro municípios foram contemplados. Após o lançamento do Programa Brasil Carinhoso, que tem como objetivo combater a miséria ainda na primeira infância (até seis anos de idade), houve um reforço nas ações de alimentação e nutrição, e o programa foi ampliado aos 22 municípios.

“Esse programa consiste na suplementação profilática medicamentosa para crianças de seis meses a cinco anos de idade e mulheres no pós-parto, por não atingir, pela alimentação, quantidade diária necessária para prevenir a deficiência dessa vitamina no organismo”, relatou Deltirene.

Ela ressalta que o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A é executado pela esfera municipal, com apoio técnico da gestão estadual, e os suplementos são distribuídos gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).