serviço

Saúde alerta para aumento de atendimentos relacionados à síndrome gripal

Com o aumento no fluxo de casos relacionados à síndrome gripal, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into-AC), alerta para os atendimentos na unidade.

No mês de dezembro, em Rio Branco, foram registrados mais de 5 mil casos de síndrome gripal nas unidades de saúde do Estado.

As unidades básicas de saúde (UBS), as unidades de pronto atendimento (UPAs), o Pronto-Socorro e o Into também estão atendendo casos suspeitos.

Into segue atendendo casos de síndrome gripal. Foto: Junior Aguiar

A Covid e as síndromes gripais apresentam sintomas similares: tosse, dor de garganta, mal-estar, dores no corpo e cansaço. Por isso, é importante buscar atendimento para saber se deve ou não procurar o Into, referência em Covid no Acre.

A gerente geral do Into, Helen Freitas, destaca que no último mês o instituto teve um aumento de pacientes com síndrome gripal: “Nós tivemos, sim, esse aumento no número de atendimentos relacionados à síndrome gripal durante dezembro. Fazemos a triagem da população e seguimos os cuidados básicos, mas não somos referência na doença”.

O Into é referência em Covid desde agosto de 2020, por isso é importante evitar a superlotação da unidade, que segue realizando consultas, exames e internação de pacientes com sintomas de coronavírus.