Acompanhamento

Reeducandos do Complexo Penitenciário de Rio Branco recebem atendimento da Defensoria Pública

Mais de 100 reeducandos da Unidade de Regime Fechado (URF), em Rio Branco, receberam, na manhã desta quinta-feira, 1º, atendimentos individuais durante ação realizada no Complexo Penitenciário de Rio Branco. A ação é fruto de uma parceria entre o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Defensoria Pública do Estado (DPE).

Defensor público, durante atendimento no Complexo Penitenciário de Rio Branco. Foto: Clébson Vale/Iapen

O defensor público Gustavo Medeiros explica que ações como esta, nos presídios, são realizadas desde o ano passado: “Ao invés de fazer um mutirão geral a gente está fazendo um atendimento de pavilhões. No caso da FOC [Complexo Penitenciário de Rio Branco, mais conhecido como Francisco de Oliveira Conde], a gente começou mais ou menos no meio do ano passado. Já atendemos quase todos os presos do Regime Provisório e hoje começamos a atender os detentos do Regime Fechado”.

Equipe da Defensoria ofereceu atendimento individual a presos. Foto: Clébson Vale/Iapen

Ainda segundo o defensor, desde o início dos trabalhos, mais de 1.700 presos já receberam atendimento, e a ideia é continuar com as ações. A previsão é que, em um período total de um ano, todos os presos do complexo sejam atendidos.

Mais de 100 presos receberam atendimento da Defensoria Pública na manhã desta quinta-feira. Foto: Clébson Vale/Iapen

Ingrid Suárez, chefe do Departamento de Reintegração Social e Saúde do Iapen, destaca a importância da parceria com a Defensoria Pública: “É um atendimento importante da Defensoria para aqueles presos que não têm advogado ou até aqueles que têm advogado, mas querem tirar alguma dúvida sobre o seu relatório de acompanhamento de pena, pedido de remissão por trabalho, pedido para atendimento médico e os mais diversos tipos de pedidos”.

Equipe que trabalhou na ação. Foto: Clébson Vale/Iapen

Ingrid explicou, ainda, que a meta é atender o presídio inteiro. A cada 15 dias um pavilhão receberá o atendimento. As unidades do interior do estado também serão contempladas com a ação uma vez por ano.