Reeducandos de Tarauacá concluem etapa do ensino médio

Familiares acompanharam com muito otimismo a solenidade de conclusão dos módulos de ensino do ProJovem ( Foto: Cedida)
Familiares acompanharam com muito otimismo a solenidade de conclusão dos módulos de ensino do ProJovem (Foto: Cedida)

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação e Esporte (SEE) e do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), concluiu, na semana passada, o módulo I do ensino médio em Tarauacá.

Vinte reeducandos foram aprovados e estão aptos para a segunda etapa, que será realizada em 2016. Além disso, o Iapen realizou também a formatura de outros dois que concluíram o ensino fundamental.

Os alunos são do regime fechado na Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá, que fazem parte do Programa de Educação Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) Urbano Prisional.

Além das aulas, o Iapen oferta cursos profissionalizantes. Na semana recorrente da formatura, foi iniciado o curso de avicultor. A direção do presídio já está se organizando para a realização de um curso de informática, com início em novembro.

“Isso demonstra o compromisso do Iapen na ressocialização, atendendo aos preceitos da Lei de Execuções Penais. Parabenizo a toda equipe da unidade penitenciária de Tarauacá, professores e alunos que estão se formando e ampliando seus horizontes visando um futuro longe da criminalidade”, destacou o diretor-presidente do Iapen, Martin Hessel.

Hessel ressalta ainda que a participação da sociedade no processo de reinserção do reeducando ao convívio social é um fator essencial para que a reintegração tenha efeitos positivos. Os obstáculos enfrentados pelos internos, após adquirirem a liberdade, ainda são muitos.