Rede de esgotamento sanitário da Cidade do Povo recebe manutenção

Principal foco da operação é a reposição de tampas de PV abertos

O Governo do Estado do Acre, por meio do Departamento Estadual de Água e Saneamento do Acre (Depasa), realizou nesta semana nova manutenção da rede de esgotamento sanitário localizada na Cidade do Povo, no Segundo Distrito de Rio Branco. Desta vez, a ação teve como principal objetivo a reposição das tampas dos poços de visita (PV) que compõem o sistema de esgotamento do local.

O trabalho foi concluído na tarde desta quinta-feira, 5. Além da reposição de tampas dos PVs, a ação contemplou limpeza, desobstrução da rede de esgoto, bem como nivelamento e assentamento das tampas dos poços de visita que precisavam de manutenção. A operação mobilizou toda a estrutura disponível. Para a execução do serviço foram utilizadas caçambas, caminhões carga seca e máquinas retroescavadeiras.

Rede coletora de esgoto da Cidade do Povo recebe manutenção Foto: Assessoria Depasa

“Fizemos o ofício apresentando nossa solicitação e o Depasa veio, está aqui desde a terça-feira, trabalhando para atender nossas demandas. Estamos muito agradecidos”, disse Jaime Marçal, representante da Associação de Moradores do Setor 1 da Cidade do Povo.

Cuidados com rede coletora

Os poços de visita, que possuem tampas de ferro com o símbolo do Depasa são os locais por onde os profissionais acessam a rede de esgoto para realizar as manutenções necessárias. Tampas desniveladas ou fora do lugar colocam em risco o trânsito de veículos e pedestres.

Com o objetivo de zelar pelo funcionamento do sistema de esgotamento e também pela segurança da população, o Depasa mantém as manutenções preventivas periódicas e também realiza intervenções emergenciais. No período de chuvas, o cuidado é redobrado.

A rede de esgoto e de drenagem são tubulações separadas e com funções diferentes. Com frequência, PVs são encontrados abertos ou obstruídos pelo depósito de resíduos sólidos. “Água de chuva, lixo nos PVs sobrecarregam o sistema, impedem o transporte dos efluentes pela rede. Nesse sentido, contamos sempre como auxílio da população para nos ajudar a evitar esse tipo de situação”, pontua o diretor-presidente do Depasa, Luiz Felipe Aragão.

Em tempos de pandemia, em que há dificuldade em adquirir materiais e insumos para a manutenção dos serviços, a autarquia responsável pelo serviço de esgoto da capital reforça a necessidade do cuidado com o sistema de esgotamento sanitário. “Com esforço, no final de outubro conseguimos nova remessa de tampas. Agora, o trabalho continua com a manutenção dos pontos mais críticos da rede de esgotamento da capital”, destaca Luiz Felipe.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest