Recursos destinados ao Plano Safra serão mantidos

Dia do Crédito, instituído pela Seaprof e Emater, agiliza a liberação de recursos destinados à produção familiar (foto: Leônidas Badaró)
Dia do Crédito, instituído pela Seaprof e Emater, agiliza a liberação de recursos destinados à produção familiar (foto: Leônidas Badaró)

Nesta semana, em reunião realizada em Rio Branco, representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, do governo federal, garantiram a manutenção dos recursos lançados pelo Plano Safra.

“Havia preocupação, porque estamos sempre em contato com os produtores, elaborando projetos de acesso ao crédito, e somos cientes do quanto esses recursos são importantes para o desenvolvimento da produção rural, principalmente familiar”, afirma Cledinaldo de Lima, coordenador da Divisão de Crédito da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural no Acre (Emater).

O governo do Acre, por meio da Seaprof e da Emater, tem realizado o Dia do Crédito em diversas comunidades do estado, exatamente para agilizar o processo de acesso aos recursos destinados à produção rural.

No dia 3 de maio deste ano, a então presidente Dilma Rousseff anunciou investimentos recordes de R$ 30 bilhões na agricultura familiar, por meio do Plano Safra 2016/2017. Durante o lançamento, foi lembrada a importância da agricultura familiar para o país.

A atividade é responsável por 22% do Produto Interno Bruto (PIB), por 33% dos empregos gerados e 46% da exportação brasileira. Os recursos do Plano Safra seriam disponibilizados por linhas de financiamento para cultivo, produção e investimento, com taxas de juros abaixo da inflação.

No Acre, o Banco do Brasil e o Banco da Amazônia haviam anunciado investimentos de mais de R$ 280 milhões para a produção rural.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest