PT indica Thaumaturgo candidato a 1º secretário da Aleac

Ney Amorim é escolhido para ser o líder do PT, que deflagra campanha para reeleger Edvaldo Magalhães presidente do Legislativo

eleicao_foto_sergio_vale_02.jpg

Encontro contou com a presença de várias lideranças do partido. (Sergio Vale / Secom)

A Comissão Executiva do Partido dos Trabalhadores e a bancada do PT indicaram nesta quinta-feira, 29, o deputado Thaumaturgo Lima como candidato a 1º secretário da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa do Acre na chapa liderada pelo deputado Edvaldo Magalhães (PC do B).  O deputado Ney Amorim foi escolhido para ser o líder do PT. O anúncio foi feito pelo presidente regional do PT, Leonardo de Brito.

"A partir de agora vamos comunicar a decisão ao deputado Edvaldo Magalhães e fazer campanha em seu favor", disse Lima. Edvaldo é candidato à reeleição. "A escolha de Thaumaturgo e Amorim foi  da bancada", disse  Leonardo de Brito, confirmando o ambiente de, desde que a Frente Popular do Acre chegou ao Governo do Estado, o cargo de 1º secretário na Aleac já foi ocupado pelo economista Ronald Polanco, hoje conselheiro do Tribunal de Contas, e pelo líder sindical Juarez Leitão, atual prefeito de Feijó.

A cúpula do PT decidiu também manifestar solidariedade e apoio à candidatura de Tião Viana à presidência do Senado. "Ele está enfrentando um jogo bruto. Não é a candidatura do Sarney sozinho mas é Sarney e Renan Calheiros", disse o ex-governador Jorge Viana referindo-se às forças conservadoras que confrontam a candidatura de Tião Viana. "O Tião é o candidato da política nova em confronto com a política carcomida que todos nós lamentamos", completou o ex-governador e atual presidente do Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Acre.

Estiveram presentes à reunião realizada na sede do PT a deputada Perpétua de Sá, o secretário de Estado Nilton Cosson, o secretário de Comunicação Social da Prefeitura de Rio Branco, Oli Duarte, e lideranças como Júlia Feitosa, José Otávio e Assis Pereira.