Profissionais de saúde são capacitados para atuarem no tratamento antitabagismo

Curso promovido em parceria entre as secretarias municipal e estadual de saúde começa hoje

Com o objetivo de capacitar profissionais das unidades de saúde do município e do Estado na abordagem dos fumantes, as Secretarias Estadual e Municipal de Saúde (Sesacre), por meio das Coordenações de Controle do Tabagismo, realizam a partir de hoje, 26, a 1º de dezembro, das 8 às 12 horas, no auditório do Sebrae – Centro, uma oficina de capacitação para o tratamento do tabagismo.

A capacitação é voltada especialmente para os médicos e enfermeiros das unidades de saúde. Participam aproximadamente 50 profissionais de três municípios do Estado: Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Brasiléia.

De acordo com Silene Nunes, técnica responsável do Programa Estadual de Controle do Tabagismo, a Secretaria de Estado de Saúde vem trabalhando em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde na estruturação e ampliação das unidades para aderirem ao Programa de Controle do Tabagismo, e assim realizar o tratamento dos fumantes. "Muitas pessoas procuram o apoio para deixar de fumar, e isso tem impulsionado os profissionais de saúde a atender os anseios de quem deseja se livrar do cigarro", disse. 

O Ministério da Saúde, por meio do Inca, em parceria com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, investe esforços na disseminação dos conhecimentos sobre a renúncia ao cigarro, para que os profissionais de saúde nas suas rotinas de atendimento possam oferecer uma abordagem eficaz ao fumante.

Pesquisas mostram que, apesar da maioria dos fumantes desejarem parar de fumar, apenas cerca de 3%, a cada ano, deixam definitivamente o vício. Destes, 85% param de fumar sem um apoio formal. 

Dessa forma, o Programa de Controle do Tabagismo, considerando que o tratamento do fumante é uma prática recente em todo o mundo, objetiva, em médio prazo, contar com um número suficiente de profissionais na rede pública de saúde capazes de realizar a abordagem comportamental e preparar os fumantes para a desistência do vício mediante atendimento em grupo ou individual.