Produtores de Jordão e Marechal Thaumaturgo recebem maquinário agrícola

Dezenas de produtores comparecem ao ato de entrega do maquinário (Foto: Assessoria Sedens)
Dezenas de produtores compareceram ao ato de entrega do maquinário (Foto: Assessoria Sedens)

Com o objetivo de fortalecer a produção local e melhorar a qualidade de vida das comunidades rurais, o governo do Acre entregou nesta segunda-feira, 22, para seis associações de produtores de Marechal Thaumaturgo e Jordao, além da Associação do Movimento dos Agentes Agroflorestais Indígenas (Amaiac), 46 barcos de alumínio munidos com motores de rabeta, 218 plantadeiras de arroz, 245 kits de casa de farinha, máquinas despolpadoras de frutas, debulhadoras de milho, trilhadoras de feijão, centenas de kits roçados, máquinas de beneficiar açaí, kits marceneiros, caixas d’agua e dezenas de outros equipamentos para ajudar na produção agrícola.

Maria andou dois dias de barco para buscar seu kit de casa de farinha (Foto: Assessoria Sedens)
Maria andou dois dias de barco para buscar seu kit de casa de farinha (Foto: Assessoria Sedens)

Maria Railde mora com o marido e quatro filhos na comunidade Seringueirinha, no Rio Bajé, distante de Marechal Thaumaturgo dois dias de barco pequeno, subindo o Rio Juruá. A família veio à cidade nesta segunda, porque ganhou um kit de casa de farinha. “A gente vive da plantação do milho e da roça, mas como não tenho casa de farinha, uso a do vizinho, por isso nossa produção ainda é pequena – cerca de 30 sacas por safra. Agora vou ter minha casa de farinha, e ano que vem espero chegar à cidade com umas 200 sacas, para vender”, disse.

Assim como a família de Railde, centenas de produtores compareceram à praça da cidade para buscar seus equipamentos, numa verdadeira festa. Alegria que se repetiu em Jordão, os produtores da Reserva Extrativista do Alto Tarauacá e indígenas do povo Kaxinawa foram buscar o vice-governador César Messias, o secretário de Desenvolvimento Florestal Edvaldo Magalhães e sua equipe ainda no aeroporto.

Juntos foram caminhando até o centro comercial da cidade, onde estavam expostos os materiais agrícolas.  Edvaldo Magalhães afirmou que os equipamentos irão facilitar o trabalho do produtor e dar volume à produção. “Com essas máquinas vocês vão poder plantar mais, dispor de mais tempo e aumentar suas rendas, podendo dar mais conforto para suas famílias”, comentou.

O vice governador César Messias reafirmou que o governador Tião Viana não tem descansado para concluir as ações do seu primeiro mandato. “Vamos trabalhar até o dia 31 de dezembro, para honrar nosso compromisso com o povo do Acre. Semana passada entregamos equipamentos no Liberdade e Gregório, e hoje estamos aqui com os moradores de Jordão e Marechal. São quase 6 milhões de reais em maquinários agrícolas para nossos produtores”, disse.

O povo indígena da etnia Kaxinawa, por meio da Amaiac, recebeu kits de casa de farinha e 24 barcos de alumínio, adaptados para os rios da região. Segundo Josias Kaxinawa, agente agroflorestal indígena, esses barcos facilitarão os trabalhos nas aldeias. “Agradecemos muito ao governo do Estado pelo trabalho que tem desenvolvido. Esses barcos ajudarão no escoamento da produção e também no nosso deslocamento dentro das aldeias, realizando nosso trabalho”, frisou.

Além do maquinário agrícola e dos barcos Jordão também foi contemplado com 20 tanques, que vai fortalecer o programa de açudagem que o município já vem desenvolvendo em parceria com o estado.