autora motivacional

Premiada, servidora do Ieptec é destaque na literatura nacional e lança livros em São Paulo

Susie Elizabeth Lamas, 52 anos, rio-branquense, empresária, palestrante, servidora pública de carreira na educação, que atualmente é coordenadora-geral no Centro em Serviços Campos Pereira, unidade do Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec), em Rio Branco, recentemente tornou-se também escritora. Participou, em agosto, em São Paulo, do lançamento de dois livros escritos em coautoria, um deles por 50 mulheres. Era a única acreana do grupo.

Isolamento da pandemia serviu de incentivo para Susie Lamas resgatar o sonho de escrever. Foto: arquivo pessoal

Antes de iniciar sua trajetória literária, Susie se dedicou a empreender, estando essa ocupação aliada às demais que exerce atualmente. A profissional oferece consultorias, treinamentos e palestras na área da educação e do desenvolvimento humano, com foco na produtividade. E não para por aí. Susie também assumiu a função de closer de vendas, agente que usa de técnicas de convencimento para realizar o fechamento de negócios.

Palestrante ministrou palestra sobre habilidades e competências para o mercado pós-pandemia. Foto: arquivo pessoal

A profissional tem mais de 35 anos de carreira, atuando nas esferas governamental e não governamental. No campo da educação, acumula 24 anos de trabalhos realizados em diversas áreas do segmento, e tem sido uma profissional importante para o quadro educacional do governo do Acre durante esse tempo.

Desde janeiro, Susie (ao centro) comanda a unidade da Rede Ieptec, Campos Pereira. Foto: arquivo pessoal

“Foi vivendo hoje a realidade da educação profissional que pude compreender quão desafiadora ela é, não só para quem está à frente, mas para todas as equipes envolvidas. A educação profissional exige um nível alto de responsabilidade e comprometimento, e eu estou amando tudo isso”, revelou a gestora.

Resgatando o sonho de ser escritora

Para a maioria das pessoas, o período pandêmico foi desafiador e difícil de enfrentar. Para Susie, praticar a escrita foi a saída para manter a mente ativa e longe de doenças psicossomáticas, como a depressão. “Investi em energias positivas, estudei e li bastante. Foi a partir desse momento difícil que decidi resgatar o sonho de escrever”, relembra.

Uma das principais inspirações da acreana é Tathiane Deândhela, empresária, trainer, palestrante internacional e escritora. Personalidade festejada na atualidade, Tathiane tem sido uma grande incentivadora de Susie, desde o início de sua jornada na literatura motivacional.

Ponto de Ruptura é o título do primeiro livro escrito por Susie Lamas, junto a dez outros autores de diferentes regiões brasileiras. Segundo Susie, “a obra aborda exemplos de atitudes que levam ao topo, chamando o leitor para o desafio de se tornar uma pessoa melhor, mais produtiva e protagonista da sua própria liderança”.

Autora conseguiu espaço para divulgar e vender suas obras durante a realização do evento PPG Experience, realizado em São Paulo, em agosto. Foto: arquivo pessoal

A segunda obra escrita por Susie, dessa vez em coautoria com 49 mulheres, é Quais de Mim Você Procura?, que faz parte de um projeto projeto com o mesmo nome.

Juntas, as autoras já produziram vários livros que estão reunidos na coletânea. O objetivo é mostrar histórias de sucesso em diferentes áreas, para ajudar outras mulheres.

O livro, que está em sua 11ª edição, alcançou, em 2022, o topo do RankBrasil, empresa independente de registro de recordes brasileiros, como maior liga de escritoras em prol de mulheres vulneráveis com distribuição de livros gratuitos.

Susie autografando ao lado do prêmio oficializado pelo RankBrasil, conquistado pela liga de escritoras brasileiras. Foto: arquivo pessoal

Parte dos exemplares serão doados a instituições que acolhem mulheres que vivem essa realidade. O propósito é que, a cada livro vendido, seja doado outro exemplar para uma mulher assistida em casa de acolhida, abrigo, ou qualquer instituição legal que ofereça esse tipo de serviço.

“Grande parte dessas mulheres que estão em situação de vulnerabilidade social se sentem sem grandes perspectivas quanto ao mercado de trabalho ou mesmo quanto a reconstituir suas vidas afetivas. Através dos livros podemos incentivá-las, mostrando exemplos de mulheres que já estiveram em condições semelhantes e deram a volta por cima”, explica.

A princípio, os exemplares seriam doados apenas para o estado de São Paulo, mas Susie sugeriu à idealizadora do projeto, Kátia Teixeira, que um percentual dos exemplares fosse doado também a instituições acreanas que atendem mulheres vítimas de violência doméstica, e teve o seu pedido atendido.

Acreana recebe homenagem por sua contribuição na obra. À direita, Kátia Teixeira, idealizadora do projeto. Foto: arquivo pessoal

Com a repercussão do livro, a Câmara de Vereadores de São Paulo resolveu homenagear as 50 escritoras da 11ª edição de Quais de Mim Você Procura?. A casa legislativa também foi o local escolhido para o evento de lançamento da obra no estado paulista.

A obra também será lançada em território acreano. Susie pretende realizar o evento de apresentação de Ponto de Ruptura e Quais de Mim Você Procura?, no dia 25 de outubro, em Rio Branco.

Atualmente, a autora está em busca de patrocínio para participar do lançamento do livro no continente europeu. Os eventos serão realizados de 13 a 23 de outubro, em Lisboa (Portugal), Barcelona (Espanha), e no Museu do Louvre, em Paris (França).

“Muitas coautoras já conseguiram patrocínio. Eu ainda estou em busca. Sou a única acreana nesse projeto social e gostaria muito de representar meu estado, recebendo a condecoração em Paris. Peço apoio a todos que puderem incentivar a divulgação do protagonismo feminino do Acre para o mundo”, solicita.