Energia do Luz Para Todos leva qualidade de vida às comunidades da BR 364

casa_da_colonia_sao_francisco_600px_120508.jpg

População agora pode ter acesso a bens de consumo como geladeira e televisão. (Foto: Sérgio Vale)

A previsão dos técnicos é que até junho próximo o trecho entre Cruzeiro do Sul e Tarauacá esteja interligado pela rede elétrica. Ou seja: todas as comunidade ao longo do percurso estarão atendidas pelo programa Luz Para Todos, que em breve contará com o Fogão Geralux, que ao mesmo cozinha e produz eletricidade. O equipamento é ideal para comunidades isoladas, onde não se é possível chegar com a rede convencional. 

A expectativa de inclusão do Geralux no Luz Para Todos foi apresentada pelo presidente nacional do Incra, Rolf Hakbarth, durante cerimônia de titulação do município de Porto Valter no final da semana passada. "Acho que teremos de incluir aí, no programa, o ´fogão para todos´", disse ele, referindo-se ao Geralux. O fogão está sendo utilizado por moradores da Resex Chico Mendes, em Xapuri.

Os moradores dos municípios de Tarauacá e Feijó, recentemente assistidos pelo asfaltamento da BR 364, agora já podem ter acesso à bens de consumo como geladeira e televisão porque contam com energia elétrica em casa. As duas obras – o asfaltamento da BR e o Luz Para Todos -mudaram tudo na vida das comunidades -e para melhor. "Agora eu posso fazer uma vitamina, um suco para meus filhos", disse Maria Solenir, moradora da Colônia São Francisco, em Tarauacá.

evandro_pereira_600px_120508.jpg

Evandro Pereira há menos de dois meses recebeu a instalação da rede elétrica em sua casa. (Foto: Sérgio Vale)

Popularmente conhecido como Chicão, Manoel Torquato Rodrigues mora há 18 anos no ramal Maravilha, em Feijó. O Luz Para Todos chegou há um ano naquele ramal e, depois de muito trabalho, Chicão conseguiu realizar seu sonho e comprou uma antena parabólica. "A luz mudou muita coisa em casa. Agora posso assistir um jornalzinho, ver as notícias", disse ele, que caminhava pela BR 364 com a antena parabólica nas costas.

Morador da Reserva do Mogno, área de preservação ambiental na BR 364 em Tarauacá, Evandro Pereira recebeu há menos de dois meses uma boa notícia: a instalação da rede elétrica em sua casa, na Colônia São Raimundo. Solteiro, Evandro já providenciou geladeira, televisão e parabólica. O dinheiro para isso foi obtido com a super safra de milho que as comunidades ao longo da BR 364 colheram no final do ano passado.