apoio social

População indígena de Mâncio Lima recebe cem cestas básicas do Estado

Na tarde desta quarta-feira, 29, mais cem cestas básicas foram entregues à população indígena que vive em situação de vulnerabilidade social, dessa vez, no município de Mâncio Lima.

A entrega foi feita pelo Estado, por meio da Secretaria de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres do Acre (SEASDHM), na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, com recursos oriundos da lei complementar 173/2020, que dispõe sobre o auxílio da União para atender comunidades em situação de insegurança alimentar por conta da pandemia de Covid-19.

Cem cestas básicas foram entregues à população indígena que vive em situação de vulnerabilidade social, no município de Mâncio Lima. Foto: Pedro Devani/Secom

Os mantimentos irão atender os indígenas que residem na área urbana, para os quais foram entregues 50 cestas; os que residem em aldeias foram beneficiados com 40 cestas e os que estão na cidade apenas de passagem, para resolver alguma questão relacionada à documentação ou obtenção de benefícios, receberam dez cestas.

“Todas essas cestas são para auxiliar no enfrentamento à insegurança alimentar. Sabemos que, além da questão da pandemia, que trouxe um grande impacto social, há também crianças indígenas com baixo peso, idosos acamados e outros indígenas com algum tipo de deficiência. Por isso a União e o Estado estão prestando esse apoio”, destacou a titular da SEASDHM, Ana Paula Lima.

Mantimentos irão atender indígenas que residem nas áreas urbana e rural. Foto: Pedro Devani/Secom

Ainda durante o ato de entrega dos mantimentos, ficou agendada uma roda de conversa para esta quinta-feira, 30, no município, para alinhar questões relacionadas ao atendimento feito aos indígenas, respeitando cultura, costumes e tradições. A reunião contará com a presença das equipes da SEASDHM Juruá e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

O encontro terá como resultado o planejamento de uma capacitação, a ser realizada em dezembro para servidores estaduais e municipais de Mâncio Lima que atuam com assistência social e programas sociais.