inclusão e acessibilidade

Ponto de Inclusão Digital da Justiça será lançado nesta sexta em Rio Branco

Diversas instituições públicas unem esforços para lançar o Ponto de Inclusão Digital da Justiça (PIDJus), um projeto inovador que busca promover a inclusão digital, proporcionando acesso facilitado aos serviços do Poder Judiciário já disponíveis de forma digital. O lançamento está marcado para esta sexta-feira, 21, na Escola de Gastronomia da Cidade do Povo, em Rio Branco.

O PIDJus oferece serviços digitais do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE-AC), Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Regional (TRT14) e Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). O governo do Estado é parceiro na instalação do espaço, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Programa promove inclusão digital e maximiza acesso à Justiça. Foto: internet

Os espaços disponibilizados pelo PIDJus, em colaboração com a SEE, são equipados com recursos tecnológicos, permitindo que os cidadãos possam utilizar as ferramentas digitais oferecidas pelo sistema judicial. Com essa iniciativa, busca-se maximizar o acesso dos cidadãos à Justiça.

O titular da SEE, Aberson Carvalho, ressalta que “é com muita satisfação que o governo do Estado está lado a lado com as demais instituições”.

A Escola de Gastronomia foi o local escolhido para garantir maior acessibilidade à população, beneficiando tanto moradores da Cidade do Povo quanto do entorno.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Regina Ferrari, destaca: “Esse projeto reflete nosso compromisso em oferecer um serviço de qualidade, acessível e centrado nas necessidades dos cidadãos”.

Com informações da Ascom TJAC