Política de gestão de pessoas do Acre é destaque em revista nacional

humanizacaoA 23ª edição da revista Governança e Desenvolvimento traz uma reportagem especial sobre a política de gestão de pessoas adotada pelo governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Gestão Administrativa (SGA) e da Secretaria Adjunta de Pessoas e Humanização.

A reportagem, produzida pela jornalista Stael Maia, aponta os avanços da Humanização ao longo dos últimos anos.

A política de valorização do servidor público acreano foi destaque no sétimo Congresso do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), que é tema da revista.

A matéria explica como a modernização do Estado tem levado a administração pública a buscar melhor eficiência e qualidade nos serviços públicos, por meio de práticas inovadoras de gestão, que direcionadas à produção de serviços públicos de qualidade reduzem gastos e geram satisfação para a sociedade e servidores.

Sawana Carvalho, titular da SGA, ressalta que o Acre esteve no Consad para informar e aprender quais as políticas públicas de valores ao público.

“Somos hoje pioneiros nas ações de humanização para servidor público e na humanização de serviços para a população”, disse.

A versão online da revista Desenvolvimento e Economia já está disponível para leitura.

Reconhecimento

Não é a primeira vez que a política de gestão de pessoas desenvolvida no Acre é destaque nacional. Em 2013, a jornalista Lys Mendes esteve entre os cinco vencedores do Prêmio Consad de Jornalismo, com a reportagem “Atenção à saúde do servidor marca primeiro ano da Humanização no Estado”.

Elineide Meireles, secretária-adjunta de Humanização, observa que, ao inovar com a política de Humanização, Tião Viana traz para o campo corporativo da gestão uma das mais importantes discussões: uma nova humanização. “Algo que está sendo discutido em todo o mundo e coloca o Acre na vanguarda de um dos mais importantes debates da atualidade.”