Novo formato

Policlínica do Tucumã garantirá assistência integral à população

A partir dessa data a unidade passa a funcionar de domingo a domingo, das 7h às 19h (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
A partir desta data, a unidade passa a funcionar de domingo a domingo, das 7 às 19 horas (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)

Nesta segunda-feira, 16, foi oficializada a transição da Policlínica Joseh Alexandre, no Tucumã, que antes estava funcionando como Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A partir desta data, a unidade passa a funcionar de domingo a domingo, das 7 às 19 horas.

O novo fluxo de atendimento permitirá que a unidade tenha mais médicos especialistas de alta demanda, como cardiologistas, ortopedistas e pediatras, proporcionando mais eficiência, agilidade e maior resolutividade nos atendimentos.

Participaram da solenidade o secretário de Estado de Saúde, Gemil de Abreu Júnior, a secretária adjunta de Atenção à Saúde, Marize Lucena, o secretário municipal de Saúde, Oteniel Almeida, o deputado estadual, Heitor Macedo Júnior, pacientes, moradores e profissionais de saúde.

“É importante que as pessoas tenham consciência de que não estão perdendo uma UPA, mas ganhando uma policlínica. O que muda é apenas o modelo de atendimento, mas sem nenhum prejuízo na qualidade da assistência”, disse Gemil de Abreu Júnior.

A aposentada Zuleide Miranda, de 78 anos, faz acompanhamento de saúde a mais de quatro anos na Policlínica Tucumã. Ela contou que cancelou o plano de saúde, pois o atendimento que recebia na unidade era de qualidade e resolutivo.

“Aqui sou bem atendida e tenho meu problema de saúde resolvido. O doutor Rodrigo é excelente. Para mim é Deus no céu, e ele na terra. Recebo visita dos médicos na minha casa para saber como estou. Isso o plano de saúde não me oferecia”, comentou a aposentada.

"Aqui sou bem atendida e tenho meu problema de saúde resolvido", disse Zuleide Miranda (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)
“Aqui sou bem atendida e tenho meu problema de saúde resolvido”, disse Zuleide Miranda (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)

Para a autônoma Eliene Farias, moradora do Tucumã há 26 anos, a Policlínica facilitará o acesso dos moradores a alguns serviços de saúde.

“Acredito que agora ficará mais fácil conseguir uma consulta médica, principalmente com um pediatra, e, melhor, perto de casa”, disse.

Atendimento especializado e resolutivo

O médico Osvaldo Leal é preceptor dos alunos da residência médica que atuam na Policlínica. Segundo ele, a transição concretiza a realização de um sonho: o Centro de Saúde Tucumã voltou ao seu projeto original, que é atender no formato de Policlínica.

“As pessoas contarão com a possibilidade de continuação do tratamento, coisa que as UPAs não têm a função de fazer. Na Policlínica o paciente será acolhido, medicado, restabelecido e cuidado. Em casos de pressão alta, por exemplo, além de medicar, vamos garantir o tratamento do paciente”, explicou Leal.

Na ocasião, ele relembrou a história do Centro de Saúde Tucumã e a criação do projeto de Policlínica, que tem como missão continuar o atendimento no cuidado das pessoas.