Polícia Militar implanta ronda diária nos bairros de Cruzeiro do Sul

Reunião da PM com as associações de moradores para firmar a parceria (Foto: Onofre Brito/Secom)
Reunião da PM com as associações de moradores para firmar a parceria (Foto: Onofre Brito/Secom)

A Polícia Militar (PM) de Cruzeiro do Sul inicia, na próxima semana, uma nova modalidade de policiamento denominado “Ronda Diária”, cujo diferencial é a participação direta da população por meio das associações de moradores e outras entidades. A cidade foi dividida em quatro microáreas e, a cada uma delas, será destinado um grupo de soldados e viaturas.

“Temos mais 35 policiais, mais seis viaturas e 13 motos para tocar o novo programa”

Tenente coronel Alves

A PM já realizou reuniões com as associações de moradores e com a Associação Comercial do Alto Juruá. Ocorreu, nesta sexta-feira, 31, a apresentação oficial do novo programa às associações de moradores. Como explicou o comandante da PM local, tenente coronel Alves, o programa tem a filosofia do policiamento comunitário buscando com que a polícia e a população se unam no combate à violência.

“A comunidade demonstra interesse em nos ajudar e hoje temos todas as ferramentas – São 35 novos policiais, seis viaturas novas e 13 motos que o governador forneceu ao município. Selecionamos alguns policiais que têm o perfil de trabalhar com a comunidade e estaremos implantando o programa a partir da semana que vem”, informou o comandante.

O coronel aposta que a parceria com a comunidade vai dar certo e melhorar os índices de segurança como aconteceu em programas semelhantes em Fortaleza, Manaus e Natal. Ele ainda adiantou que os policiais destinados a uma área não serão trocados com o objetivo de que possam conhecer as pessoas dos bairros e adquirirem a confiança delas. E, ainda, que a comunidade pode contribuir especialmente com informação.

“Será uma polícia mais pacificadora”, comemora Janderson Nascimento dos Santos (Foto: Onofre Brito/Secom)
“Será uma polícia mais pacificadora”, comemora Janderson Nascimento dos Santos (Foto: Onofre Brito/Secom)

O presidente da União Municipal das Associações de Moradores, Expedito Ribeiro, tem fé de que o plano vai dar certo: “Acredito que não tem outra opção melhor. Cada presidente de bairro, cada pessoa, deve contribuir para fortalecer este plano”.

Janderson Nascimento dos Santos, presidente da Associação de Moradores do Bairro Cruzeirão, também achou ótima a ideia: “Vamos ter mais presença da polícia nos bairros, que será mais pacificadora”.

A presidente da Associação do Bairro Nossa Senhora das Graças, Maria do Socorro Queiroz, parabenizou o governo do Estado e o comando da PM: “Estou maravilhada com esse programa e sei que vai dar certo. A gente poderá trabalhar a família, o jovem e a comunidade. Além disso, teremos mais segurança nas ruas”.