reforço

Polícia Civil lança campanha para escolha de nomes de dois pastores-belgas doados à instituição

Antônio Odenilton da Silva, criador de cães da raça pastor-belga malinois, realizou uma doação de dois filhotes ao Núcleo de Operações com Cão (NOC), um braço da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil do Acre (PCAC). A iniciativa visa fortalecer as operações policiais, contando com a habilidade e treinamento específico dessa raça, reconhecida por sua inteligência e agilidade.

Para que a população possa participar da escolha dos nomes dos animais, a PCAC lança uma votação por meio do site oficial. São três nomes levantados para cada um: 1- Zelda, Atena ou Hera, 2- Nala, Arya ou Kyra.

Os novos heróis peludos “aguardam” a participação da população para a escolha de seus nomes. Foto: Assessoria PCAC

Ainda no ano passado, uma equipe de policiais do NOC se deslocou até Boca do Acre (AM) para receber os dois filhotes doados por Antonio Odenilton. A ação foi possível graças à intermediação de um policial penal que atua com cães no Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Laurenio Melo, que identificou o criador como potencial colaborador da instituição.

“O policial desempenhou um papel fundamental na escolha dos filhotes, garantindo que os animais atendessem aos critérios necessários para as futuras atividades policiais”, informa o delegado Getúlio Monteiro.

Para votar, a população deve acessar o site oficial da PCAC. Foto: Assessoria PCAC

Os cães doados serão submetidos a um processo de adestramento realizado pelos próprios policiais do NOC, sob orientação de Laurenio Melo.