Polícia Civil cria núcleo especializado para atender pessoa idosa

A Delegacia do Idoso mudou de endereço. Ela agora passará a funcionar na 1ª Regional, localizada no bairro Cadeia Velha. O diferencial é que a pessoa idosa ao procurar os serviços de segurança pública contará com um núcleo composto por delegado, escrivão, assistente social e agente da policia civil para atuarem com o foco na violência contra pessoa da terceira idade.

O Secretário explica que o núcleo é para atender de forma mais célere e especializada o público idoso (Foto: Marcelo Torres/Sesp)
Secretário explica que o núcleo é para atender de forma mais célere e especializada o público idoso (Foto: Marcelo Torres/Sesp)

Com a delegacia especializada, os atendimentos serão feitos com maior celeridade, ou seja, uma equipe qualificada estará pronta para atender essa população e solucionar os problemas das vítimas.

“Apropriação dos benefícios dos idosos, abandono e mãos tratos, seja no âmbito familiar ou não, são as ocorrências mais comuns registradas contra a pessoa idosa”, explicou o secretário de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela.

Portela diz ainda que essa é uma determinação do governador Tião Viana para ampliar o atendimento ao público vulnerável e nesse contexto foi criado esse núcleo para prestar o melhor atendimento ao público idoso.

Todos os crimes previstos no estatuto do idoso serão alvos desse novo núcleo. “Aquele idoso que por ventura se sentir vítima de qualquer tipo de violência praticada contra ele pode procurar o prédio da 1ª Regional que uma equipe de profissionais especializados irá atendê-lo”, ressaltou o secretário.