Polícia Ambiental apreende madeira extraída ilegalmente

A madeira e duas motosserras foram apreendidas durante a operação (Fotos: Edna Medeiros/Secom)
A madeira e duas motosserras foram apreendidas durante a operação (Fotos: Edna Medeiros/Secom)

Equipes do 4º Batalhão da Polícia Militar e do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) flagraram, no fim da tarde desta terça-feira, 28, dois caminhões transportando madeira ilegal na região do Portal da Amazônia, no Calafate, em Rio Branco.

O flagrante ocorreu após denúncia anônima recebida pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). As primeiras informações seriam de um princípio de incêndio, mas ao chegarem ao local os policiais encontraram os dois veículos carregados e duas motosserras. A seringueira, madeira protegida por lei, estava entre as espécies transportadas.

“Segundo o que informaram os condutores dos veículos, a madeira retirada seria entregue em uma cerâmica, aqui em Rio Branco. Pelo tipo de corte feito na madeira, é possível averiguar que ela, provavelmente, seria utilizada em olarias ou padarias”, disse o sargento Anádio Moreira, comandante da ação.

O material apreendido e os condutores dos veículos foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla).