Plataforma Hora do Enem chegará a mais de 12 mil alunos no Acre

hora-do-enem-440x294Lançado no último 5, em Brasília, pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro da Educação Aloizio Mercadante, a plataforma educacional Hora do Enem chegará a mais de 12 mil estudantes que estão em fase de conclusão do ensino médio nos municípios acreanos.

A plataforma Hora do Enem é uma iniciativa que reúne, na internet, um conjunto de ações, como simulados e videoaulas. A Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) são parceiros na execução do programa, uma vez que a rede pública de ensino concentra 84% de matrículas dos alunos do terceiro ano do ensino médio.

Para utilizar a plataforma, o estudante precisará de um computador, um tablet ou mesmo um telefone celular. Ele marca o curso em que pretende passar e quanto tempo por dia tem para estudar para o Enem. A partir de um diagnóstico, a plataforma oferece um plano de estudo com exercícios, resumos e videoaulas.

O aluno também fará simulados online. O primeiro deles será no dia 30 deste mês, para mais de 2,2 milhões de estudantes das redes pública e privada em todo o país.

Para quem não tiver condições, o MEC disponibilizará 120 mil acessos por meio de universidades, institutos federais e instituições particulares e comunitárias. As inscrições para esse simulado serão entre os dias 11 e 15 de abril, por meio da plataforma Hora do Enem.

Outros três simulados ainda serão realizados, como forma de preparar os estudantes – um no dia 25 de junho, o outro no dia 13 de agosto e um terceiro nos dias 8 e 9 de outubro. Os simulados seguem o mesmo formato das questões do Enem.

No Acre, assim como em todo o país, os estudantes poderão acessar a plataforma a partir de um aplicativo que reunirá o material preparatório. O recurso permitirá também que os gestores da rede pública e o MEC acompanhem o progresso dos alunos.