Olimpíada de Língua Portuguesa incentiva produção literária e leitura

Alunos acreanos vão representar o Estado na fase regional

lingua_portuguesa_foto_gleilson_miranda_04.jpg

Mais de 20 mil estudantes do Acre participaram da fase municipal (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

lingua_portuguesa_foto_gleilson_miranda_03.jpg

Maria Corrêa diz que Olímpiada representa a oportunidade de premiar alunos e professores (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O objetivo da Olimpíada de Língua Portuguesa de estimular a leitura dos alunos e aprimorar o ensino da escrita em escolas públicas está sendo cumprido. Desde fevereiro, mais de 20 mil estudantes do Acre participaram da fase municipal como forma de desenvolver a prática de redação nos gêneros poesia, memória e artigo de opinião.

A partir do tema central “O Lugar Onde Vivo”, a aluna vencedora na categoria poesia, Elaine Pedrosa, desenvolveu seu texto depois de ter participado do projeto escolar Conhecendo a Comunidade. Segundo ela, sua poesia foi inspirada na beleza dos pontos turísticos de Rio Branco. “Me descobri uma verdadeira poetisa”, declarou.

Além de Elaine, mais três estudantes de escolas da rede pública foram selecionados. Também na categoria poesia, a aluna de Cruzeiro do Sul Thaine Souza foi a vencedora. Nos gêneros memória e opinião, os contemplados foram Caroline de Freitas, da escola São José, e Abraão Lima, da Flodoardo Cabral, respectivamente.

Para a secretária de Estado de Educação, Maria Corrêa, a Olimpíada de Língua Portuguesa representa a oportunidade de premiar alunos e professores inicialmente com a capacitação e orientação no sentido de trabalhar os diferentes gêneros, e depois com a seleção dos melhores textos. “O resultado desse trabalho foi muito bom”, avaliou.

Os resultados foram divulgados pelo Ministério da Educação, em parceira com a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). A solenidade de certificação aconteceu na manhã desta sexta-feira, 31, no auditório da Secretaria de Educação. 

A premiação do gênero poesia, que consta de medalhas e livros, acontece na cidade de Belém (PA), entre os dias 10 e 12 de novembro, quando também serão escolhidos os poemas para a grande final. Os acreanos concorrerão com estudantes do Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Alunos e professores de sétima e oitava séries e segundo e terceiro anos do ensino médio, classificados nas categorias memória e opinião, participarão da premiação no dia 19 do mesmo mês, em São Paulo. A fase final está marcada para dezembro, em Brasília, quando serão premiados os cinco melhores textos em cada categoria.

Moacir Fecury, secretário municipal de Educação, destaca que a participação dos alunos na Olimpíada de Língua Portuguesa agrega valor ao trabalho que vem sendo desenvolvido em parceria pela prefeitura de Rio Branco e Governo do Estado, que tem como foco na leitura. “Isso é fundamental para o desenvolvimento das crianças nas séries posteriores.”